Ocupe-se de pouco para ser feliz


Penny Lane me cobra: “Cadê seus textos, Hombre?”

Onde estão?

Bem, o trabalho de mais de mais de uma década está aqui, neste blog. Mas não é isso que ela quis dizer.

“Os novos, Hombre.”

Explico para ela que reli uma frase de Heráclito que anotei há muito tempo.

“Ocupe-se de pouco para ser feliz”, diz a frase.

“E?”

Ora. Tenho desrespeitado por uma vida inteira uma máxima que eu decidira adotar para mim. Alguém aí falou em autoboicote?

Isso quer dizer que me concedo, merecida ou imerecidamente, férias. Rumo a sei lá onde. A mim mesmo, talvez.

Para me ocupar de pouco.

Quase nada.

Nada, quem sabe.

39 Respostas to “Ocupe-se de pouco para ser feliz”

  1. Anarcoplayba Says:

    Encontre o que te faz feliz e você não se sentirá ocupado.

  2. Ana Says:

    Férias de novo?! E por quanto tempo?!

  3. Marcela J. Says:

    Que encontre o que te faz feliz. Vc é uma pessoa cheia de luz, amor, inteligência. Estaremos te aguardando. Beijos

  4. john Says:

    adorei a frase: ocupe-se de pouco para ser feliz ^^ Mt boa mesmo…

    realmente.. quanto mais me ocupo mt com algo, me sinto obrigado a deitar outras coisas q keria mt fazer, ou q deveria mt fazer =(( Keria q fosse mais facil poder se ocupar de pouco para ser feliz =(

  5. john Says:

    ei fabio hernandez!!!! mas nao vai querer dizer, com este seu post, que vc nao escreverá mais aqui😛 Que agora vc ker focar em coisas mais simples da vida do q escrever por akih… Seria trágico para seus fãs =((

  6. john Says:

    sumiu =((

  7. Eduardo Rocha Says:

    E aí homem sincero, te acompanho a uns 04 anos ou mais, sempre familiarizei com os seus textos, e talvez, não sei, eles tenham mudado, mesmo que seja de uma forma tênue, meu modo de ser, ou me fizeram enchergar o que ja estava na minha frente, legal saber que você tem suas vontades de sumir, de se encontrar, como qualquer leitor seu, nao encaro seus textos como auto-ajuda, detestamos isso, encaro como um complemento do que a gente ja sabe, ou era para saber, de qualquer forma boa sorte em sua busca, abraços e estamos aguardando sua volta.

    • Marcela J. Says:

      Concordo contigo Eduardo… o textos do Fábio me fazem pensar e repensar…. rumo a mim mesma, como ele diz no texto.

  8. Adriana Says:

    Ocupe-se de pouco para ser feliz…

    Para ler, reler, refletir… seguir…

  9. Says:

    Ja esta na hora de voltar!!! han! rs

  10. john Says:

    concordo q já está na hora de voltar!!

  11. Marcela J. Says:

    Fábio, me ajuda com seus conselhos? Tenho sofrido muito por amor. Sei que as coisas quase sempre não têm lógica, mas eu sempre tenho sentimentos!!! Meu namorado pediu um tempo para mim no domingo e hoje, na quarta, consegui convencê-lo a repensar se podemos ou não retomar até sexta-feira, quando tenho uma reunião onde ele trabalha. Gosto muito dele como há tempo não gostava. Não queria parecer tão emocional pedindo que repensasse em me dar uma chance, levando em conta que não temos paciência para nada, nem para manter um relacionamento, e que isso nos prejudica. Tenho chorado desde domingo… e acho que vou ficar assim até sexta. Ajude-me com sua filosofia, pois ultimamente não consigo me ajudar de jeito nenhum!!! Obrigada.

  12. Danielle Says:

    Era você que escrevia neste blog : http://www.umhomemsincero.blogger.com.br/ ?

  13. john Says:

    Ei FH!!! Qd vc vai escrever o proximo post????? Escreve logo as proxima pagina deste blog, e vamos fazer isso andar!!

    ^^

  14. lulu Says:

  15. lulu Says:

    que lindo

  16. lulu Says:



  17. Ana Says:

  18. dm Says:

  19. Vanessa Bencz Says:

    saudade de ti!!
    http://garotadistraida.wordpress.com/

  20. Fabrizio Salina Says:

    Caríssimo, por onde andarás? Acho que não faz muito seu estilo, mas lá vai: Feliz Natal e boas festas, onde quer que esteja.
    Que a força de Deus ilumine sua jornada.

  21. john Says:

    acho q este post foi a despedida definitiva do FH, para nós.

    ele kis dizer: vou me ocupar de pouco, no sentido de q nao irá mais se ocupar deste blog… Ok.. Adeus.. =(

  22. megasena Says:

    “Rumo a seila onde” …. muito bom!!!

  23. paulo ribeiro Says:

    Caro Fábio
    Voce virou Paulo Nogueira ?
    Por que suas crônicas da revista VIP de anos atrás estão sendo relancadas com alteracoes e assinadas por Paulo Nogueira ?

  24. Ariel Lbf Says:

    Wow, que blog lúcido!

  25. Eric Says:

    Estou perplexo. Fabio Hernandez é um personagem de Paulo Nogueira. Vide no link acima.

  26. danielchicote Says:

    Fábio … Por onde anda?
    Abs meu caro.

  27. MaiTe Says:

    :***

  28. Cecília Gouveia Says:

    Por que eu sempre chego tarde nesses blogs? Queria você por aqui, me identifiquei muito com o espaço! Um blog de um nível inigualável! Forte abraço.

  29. Carla Brandão Says:

    Pois é cecília digo o mesmo… ;/

  30. Daniel Says:

    Cadê você, escritor barato?

  31. Kall Says:

    Saudades dos seus textos.
    Abraços do planeta Terra.🙂

  32. Rafael Says:

    Esse blog era foda.

  33. Cecília Gouveia Says:

    Cadê você?

  34. Sara Says:

    Ele parou onde eu parei. Mas eu ponho fim ao seu paradoxo “Às vezes me pergunto se as coisas que um dia escrevi servirão de conforto a alguém quando o mundo castigar, ou se tudo são folhas na relva, palavras perdidas na imensidão das coisas. Não tenho resposta, mas secretamente alimento a ilusão de que certas coisas escritas por mim possam, quem sabe um dia, despertar um sorriso num rosto triste.” Serviram. Essa é a resposta.
    Esse blog é pra mim como a carta daquele gatoto do livro de Raucher.Eu lia seus texto todos os dias, no exercicio rumo a mim mesma, deixei de ler por “paixão deslumbrada” como a daquele garoto, me casei e passei a me ocupar com outras coisas… Mas é assim não é!? “Para tudo que a gente leva existe alguma coisa que a gente deve deixar” eu deixei de ler minhas cronicas, ouvir minhas musicas, assitir meus filmes, deixei de ficar só e aproveitar meu tempo comigo mesma. Nem podia podia eu estava com a vista ofuscada pelo excesso de brilho.
    Como aquele homem que “De vez em quando, sempre que o mundo o castigava, ele parava o que estava fazendo e lia outra vez a carta”, eu voltei aqui para ler seus textos e descobri que ele parou onde eu parei.

  35. Sara Says:

    Desculpem os errinhos na escrita. Deveria ter revisado…
    Obrigada Daniel!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: