O sensacional capítulo final da saga de El Hombre


Pequena, a quarta mulher de El Hombre

O fim de um folhetim, para um escritor, é uma despedida dolorida.

Todos aqueles personagens que passaram a fazer parte de nossa vida como se fossem nossa família se vão.

É com emoção, expressa em mãos ligeiramente trêmulas e olhos úmidos, que digo a El Hombre: “Fique com Deus! Que suas quatro mulheres dêem a você o que você merece, meu irmão.”

Agradeço as dezenas de sugestões de final que me chegaram. Nessas ocasiões, nosso trabalho parece ganhar sentido. Infelizmente nenhuma delas prestou, e então tive que agir sozinho. Uma editora sueca já me procurou com um cheque em branco, interessada em editar o livro. Dos estúdios de Hollywood disputam a honra de transformar a história de El Hombre num blockbuster.

Devo tudo a El Hombre, a quem agradeço aqui. E também a vocês, sem quem El Hombre não estaria, neste exato momento, fazendo o que um homemtem que fazer com suas quatro beldades arubenhas …

E então, enquanto o corpo vencido de Stieg Larsson fazia seu mergulho final rumo às profundezas geladas das águas de Aruba, El Hombre teve um lampejo, subitamente.

E se …?

Ele se viu numa sessão de sexo grupal com as três mulheres de Larsson. Eram parecidos. Elas precisavam de um homem que cuidasse delas. E ele precisava de um sentido para a vida, agora que exterminara Larsson.

Sexualmente, ele sabia que jamais poderia perder para um sueco. Como no futebol, o sueco não tem jogo de cintura no sexo. Ele consolaria as três viúvas com um sexo brasileiro em substituição ao sexo burocrático escandinavo.

A polícia poderia descobrir? Não a polícia de Aruba, cujos integrantes estavam completamente amolecidos pelo calor da ilha e entorpecidos pela absoluta ausência de crimes ali.

Era óbvia a continuação da história.

El Hombre teve um último vislumbre do corpo de Larsson sendo arrastado. Curiosamente, o chapéu de Mr Walker não se soltara. Tão logo Larsson saiu de sua vista, El Hombre foi acometido, uma vez mais, de uma ereção galopante, selvagem, daquelas que levam um homem a crer que sua virilidade pode explodir em pedaços.

De novo, El Hombre fez o que deveria fazer.

Seis meses depois

El Hombre, bronzeado, mais magro, sorridente como jamais estivera  desde a infância, estava deitado calmamente no monumental apartamento em que Larsson vivera com as três nativas. Uma quarta se acrescentara ao grupo, carinhosamente chamada de Pequena Aprendiz por El Hombre. As quatro dividiam as tarefas do lar: uma abanava a nudez rija de  El Hombre. A segunda massageava-o na virilha. A terceira acariciava  os cabelos de seu homem. A quarta lia para ele, e segurava um cacho de uvas doces que ia levando pausadamente à boca de El Hombre.

A polícia jamais o procurou. O porteiro e os vizinhos não notaram nenhuma diferença. Larsson vivia recluso com suas mulheres. El Hombre assumiu seu papel sem problemas.

A história que era lida para ele tinha como estrela uma personagem fascinante. Neurótica, polivalente sexualmente, agressiva e indefesa ao mesmo tempo.

Seu nome: Lisbeth Salander.

10 Respostas to “O sensacional capítulo final da saga de El Hombre”

  1. Alice Barros Says:

    kkkkkk A_DO_RO a esperteza, a sagacidade e a inteligência de El Hombre! Que final fantastico, FH! Surpreendente…

  2. Moça Bonita Says:

    Enterouvindo na mesa do bar:

    – Viu? Chegou ao final a saga del hombre…
    – Q saga?
    – Putz, El matador, aquele que quis um dia acabar com a raça do S. Larsson, aquele escritor sueco…
    – Quem?
    – O escritor da trilogia Millenium…dúh
    – Cara, a única triolgia que eu conheço com um sueco tem Ibrahimovic, Ronaldinho e Pato batendo um bolão, tá ligado?

  3. Roberto - Editora Quantum Says:

    Olá,
    Gostaríamos de receber o e-mail para contato do dono do site ou responsável pela área comercial/marketing para enviar uma oferta de conteúdo e produtos gratuitos para os usuários de seu site. E também, remuneração que ajudará o seu site a ter retorno financeiro e aumentar suas visitas. Favor enviar o e-mail de resposta para: roberto@editoraquantum.com.br
    Atenciosamente,
    Roberto Lion Motta

    Editora Quantum – Revista VendaMais
    http://www.editoraquantum.com.br

  4. Karina Says:

    hummmm…. meio xoxo. Vc matou o clímax, FH! o ponto alto era a morte do Larsson, pela qual acabou passando batido. Daí entrou na história a quarta amante num encaixe que ficou parecendo novela de Silvio de Abreu.
    Ficou parecendo que vc se encheu da trama e quis dar logo um final! bah!

    Mas gostei das últimas linhas… o retorno à irresisível Lisbeth.

  5. Petite Poupée Says:

    Eu sabia q El’ ombre era um cara romântico…Várias mulheres, um único amor! Adorei. Mas a Consuelo ficou esquecida no Brasil, probrecita…

    • Fabio Hernandez Says:

      Consuelo manda dizer que aprecia sua preocupação, PP, mas ela já está de passagem marcada para Aruba para compor o Quinteto Fantástico …

      • Petite Poupée Says:

        Então teremos um outro capítulo surubático? hauhuauha OBA!

      • Fabio Hernandez Says:

        Como Rocky Balboa e o Coronel Nascimento, El Hombre nunca morre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: