Os Melhores Livros Eróticos — Número 9: Engraçadinha


Nélson Rodrigues foi melhor que o Brasil. Se tivesse escrito em inglês e nascido nos Estados Unidos, seria hoje um escritor da estatura de Hemingway.

E mais versátil: o melhor dele está nas peças, absurdamente inovadoras e bem escritas, mas também no conto, no romance, nas crõnicas de fatos diversos NR apresentou um nível irritantemente elevado.

Ele escreveu folhetins com os companheiros de redação olhando pelas costas onde iam dar as tramas. Para coisas que achava pouco sérias, usava o pseudônimo retumbante de Suzana Flagg.

Engraçadinha, ou Asfalto Selvagem, é dos anos 40. É tão provocativo que, se um jihadista ler, pode decidir não mais explodir com uma bomba e sim aproveitar as delícias terrenas proporcionadas pelas mulheres.

Ela é uma jovem suburbana carioca que enlouquece sexualmente todo mundo, inclusive uma prima. Sua beleza e libido são do tamanho do Redentor. Engraçadinha tem depois uma filha que é sua continuação, na vertigem sexual, Silene.

As aventuras de Engraçadinha, Letícia, Silene e tanta gente são valorizadas pela prosa soberba de Nelson Rodrigues, um dos meus queridos entre os queridos, um gênio, um talento para juntar palavras só comparável, em língua portuguesa, a Machado de Assis, e se alguém disser que a mim mesmo eu abjuro.

3 Respostas to “Os Melhores Livros Eróticos — Número 9: Engraçadinha”

  1. Srta. O Says:

    Nelson Rodrigues esteve muito tempo entre meus livros de cabeceira.
    Difícil enquadrá-lo em qualquer categoria. NR era simplesmente NR, nada mais.
    Aliás, não só em Engraçadinha, mas em tantos outros contos dele, NR sempre foi atemporal e genial!
    Batata!

  2. Maria Eduarda Says:

    Já coloquei ele na minha biblioteca do Google, pq por incrível que pareça, não li nada – que eu me lembre – do NR.

    Mudando de saco pra mala, semana passada enquanto eu lia Huxley ele falava mal do Proust, e ontem, eu viajando no 4Vol do Tempo Perdido, o Proust falou muito bem do Huxley, que era gênio da literatura inglesa.

    Adoro esses acasos, de quando um autor cita outro que por ventura eu conheço bem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: