O amor e a guerra, segundo os ditadores


"Hoje eu fico com a Clara e vc com a Eva, Benito!"

Ditadores podem ser lunáticos, megalomaníacos, perigosos para a humanidade.

Mas não são bobos.

Hitler fazia Eva, uma alemãzinha de fazer alemão contar piada engraçada. Vinte anos mais nova, era uma escrava sexual insaciável de seu fuhrer.

Mussolini fazia Clara, uma italiana de fazer o papa recomendar o Corão. Trinta anos mais nova,  fez o Duce largar suas 14 amantes para se dedicar apenas a ela.

Hitler e Mussolini fizeram muito amor e fizeram muita guerra.

Fariam ainda mais amor se não fizessem tanta guerra, conforme constatou o Professor Pecadinho.

Hitler não teria que apontar uma arma para a boca e disparar. Mussolini não terminaria pendurado de cabeça para baixo num posto de gasolina.

Hitler e Mussolini, se tivessem nascido mais tarde e se tornado hippies, talvez constatassem, tomando um ácido e ouvindo Voodoo Chile, que é melhor fazer amor do que fazer a guerra.

16 Respostas to “O amor e a guerra, segundo os ditadores”

  1. John Says:

    Mas sem eles, nao haveria a guerra, e os EUA nao seriam o país mais rico do planeta, e nao haveria a guerra do vietna, e nem o hippies :o)

    • Fabio Hernandez Says:

      John, te mandaram ser sucinto, mas nem tanto. Explica melhor ou … shhhh

    • Karina Says:

      huahuahuahuhau sucinto mas nem tanto.

      jonh, veja pelo outro lado… se n houvesse a guerra, e se talvez os EUA n tivessem ganho tanto com ela, e se então eles n tivessem poder para guerrear com o Vietnã, e se então n houvesse um desencadeador do movimento hippie… talvez, lá no início, já houvesse muito mais amor do que guerra. então o movimento hippie já não teria mesmo sentido =p

  2. John Says:

    os*

  3. Graça Says:

    Fabio, fazer amor é muito melhor, em todos os sentidos. Embates podem ser produtivos, enquanto que guerras são sempre altamente destrutivas.

    As pessoas acabam confundindo amorosidade com passividade estática, deveriam ler mais sobre Mahatma Gandhi

    Adoro este pensamento: “Não existe um Caminho para a Paz. A Paz é o Caminho.”

    • Fabio Hernandez Says:

      corria o boato de que o Mahatma finalizava uma sobrinha, mas pode ser apenas boato.

      • Graça Says:

        Ai Fabio…acordei agora e demorei uns 30 segundos pra entender o “finalizava”…rsrsrs…

        Bom…nunca achei que o Mahatma tinha carinha de santo não…

  4. Karina Says:

    cá entre nós… esteticamente, Mussolini dá de dez no Hitler.

  5. Srta. O Says:

    Cá entre nós..é bom uma guerrinha pra depois fazer amor, certo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: