A tatuada e o sexo


Curioso. Recebi, segundo as últimas pesquisas, 7 pedidos para fazer a parte 2 do Breve Dicionário Amoroso. Mas, em minha caixa postal secretamente localizada em Caimã, são já algumas centenas de leitores que reclamam a republicação de um ensaio sobre a tatuagem no delicado, maravilhoso, convidativo, belo em sua enorme diversidade corpo feminino.

POR QUE UMA TATUAGEM impressiona tanto?
Melhor: por que ainda impressiona tanto?
Lisbeth Salander é a explicação do maior fenômeno literário dos últimos anos, a chamada trilogia Millenium, do sueco Stieg Larsson. Um jornalista esforçado e limitado, Larsson já perto dos 50 anos começou a escrever nas horas vagas — madrugadas, basicamente — livros de crime, conectados como A Comédia Humana, de Balzac. Terminou três. Um quarto ficou no meio do caminho. Pouco antes do lançamento do primeiro, ele morreu de infarto ao subir uma escada. Fumava e tomava café em grande quantidade, como todo repórter que se prezasse de sua geração. A trilogia virou o que virou. Mais de 20 milhões de exemplares vendidos no mundo. O primeiro livro, A Garota com Tatuagem de Dragão, já foi transformado em filme.

Sem Lisbeth Salander, a personagem central dos romances ao lado de um jornalista inspirado no próprio Larsson, o livro provavelmente se limitaria à Suécia, ou talvez nem isso. Com ela, virou uma sensação global. A tatuagem de dragão nas costas é a maior marca de Lisbeth. Ela tem alguns piercings, também. Só usa preto e, embora heterossexual, pode dormir com outras garotas, como é moda hoje nos rocks das aranhas, como cantou Raul Seixas.

Tatuagem de dragão nas costas é algo que fascinava Larsson a ponto de colocar uma em sua criação. Enfeitiçou também o jornalista do romance, que embora tenha idade para ser pai de Lisbeth sente por ela uma atração nem um pouco paternal. E finalmente milhões de leitores em todo o mundo foram laçados pela tatuagem.

Nos dias de hoje, uma tatuagem deveria ser tão banal quanto um pastel na feira. Mas não. A mulher tatuada é cobiçada pelo homem até como personagem de romance policial. Uma tatuagem confere à mulher poder sexual. Uma tatuagem no corpo feminino leva o homem a sonhar, a divagar, a especular. A querer entender, decifrar, sorver a mensagem. Se ela tem um dragão nas costas, como Lisbeth Salander, o que não fará no sexo? O piercing na vagina pode parecer excessivo. Um grito. Uma demonstração de egolatria sexual. Histeria erótica. A tatuagem não. Ela excita sem o risco de perturbar pelo excesso. Sua dona parece chamar o sexo sem berrar por ele.

O homem enxerga na tatuada possibilidades interessantes no sexo. Na fantasia masculina, a tatuada está insinuando aos machos do universo, triunfal como Napoleão ao roubar a amada Quadriga dos alemães depois de conquistar Berlim: “Posso tudo e deixo tudo!”

21 Respostas to “A tatuada e o sexo”

  1. Red,whathellisthat? Says:

    FH, frases como essas:…
    – Uma tatuagem confere à mulher poder sexual. Uma tatuagem no corpo feminino leva o homem a sonhar, a divagar, a especular … o que não fará no sexo?
    – A tatuagem … Ela excita sem o risco de perturbar pelo excesso. Sua dona parece chamar o sexo sem berrar por ele.
    – O homem enxerga na tatuada possibilidades interessantes no sexo.
    … são opiniões suas ou você escreve sendo como opiniões masculinas?
    ;0)

    • Fabio Hernandez Says:

      a minha opinião vale menos ou mais que a média, Red? a minha reflete um tipo de homem, no qual me enquadro — urbano, heterossexual etc etc

      • Red,whathellisthat? Says:

        FH, a pergunta não passou pelo caminhode que tua opinião vale mais ou menos que a média, não!
        Mas confesso que presto atenção nas suas. Rs.
        O que quero saber é se o que escreveu é apenas sua opinião ou se reflete o inconsciente (ou seria consciente) coletivo masculino.
        Fui clara?
        ;0)

      • Fabio Hernandez Says:

        Red, é o ‘inconsciente coletivo’ da demografia masculina em que me enquadro … Claro que minhas opiniões não valem para ‘caretas’ — administrradores, contadores, advogados, dentistas etc, com todo o respeito.

  2. Libète Says:

    Resumindo… “Posso tudo e deixo tudo!”… belo final!

  3. Natália Says:

    Tenho várias amigas com tatuagens que não “podem muito e não deixam grande coisa”. Acredito que esse negócio de tatuagem faça parte do imaginário masculino, apenas um mito. O mesmo digo de homens com tatuagem. Muito descolados? Às vezes nem têm boa pegada. Gente normal e gente boa de cama dá para saber nas atitudes, pela conversa quente ou não. E como você mesmo disse, tatuagem tá que nem pastel de feira, o que, muitas vezes, é difícil digerir.

    • Fabio Hernandez Says:

      …pode ser o imaginário mesmo, Nat … mas o que a imaginação ajuda no sexo não é mole!

    • Red,whathellisthat? Says:

      Natália eu acho que tem a ver com o que atrai cada um.
      Eu por exemplo ADORO homens tatuados, de cabelos longos, ou então bem curtos…
      Acredito que o mesmo aconteça com os homens: se gostam de uma tatuada vão achá-la o máximo, se sentirão atraídos.
      Que te parece?
      ;0)

    • Natália Says:

      Red e Fabio, o que eu quis dizer é que pode até atrair, mas é mito. Pessoas tatuadas não são necessariamente melhores no sexo. Aliás, acho que não tem absolutamente nada a ver uma coisa com a outra. Os melhores homens com quem fiz sexo não tinham tatuagem. Imaginação sim, concordo plenamente. Imaginação deste a cantada até o ato! Mas pegue leve, Fabio: profissão também não tem nada a ver com sexo. Conheço homens com profissões convencionais que não tem nada de convencional no sexo.

      • Fabio Hernandez Says:

        hmmmm … dentista é dentista e contador é contador, Nat!

      • Natália Says:

        E como são os escritores? Você tem tatuagem? Um escritor de óculos não me parece assim tão…surpreendente. Ops, eu disse surpreendente. Por todos os filósofos que cita, pela atração por pelos pubianos -homens modernos não gostam- eu esperaria encontrar um homem pouco surpreendente. Mas tenho certeza de que isso é um pré- julgamento bem tolo da minha parte. Pessoalmente eu saberia melhor. Como eu disse antes, por suas atitudes, olhar, conversa, daria para ter uma idéia melhor. Fabio, isso tudo é apenas uma opinião sobre aparências vs performances reais. Um contador tatuado, um dentista tatuado não serão diferentes para você. Vai continuar achando que são uns caras ruins de cama, não é? Pois é, tem mulher tatuada que poderia até lhe atrair, mas de boca fechada. E na cama, ser uma decepção só.

      • Fabio Hernandez Says:

        exceções não fazem regra, Nat … qto a mim, sou apenas um escritor barato e míope.

      • Daniel Chicote Says:

        Sou discipulo de FH, e tenho tatuagem …

      • Natália Says:

        Não respondeu se tem tatuagem, Fabio. E daí que você é barato? Isso o remete ao grupo dos escritores sem imaginação??

  4. Red,whathellisthat? Says:

    Perfeito, FH!
    Acredito que exista sim o que descreveu.
    Acho que os homens sonham inclusive acordados com as tatuadas, as ruivas, as pin-ups, as dominadoras, as peitudas, as bundudas, as más, as ninfomaníacas… essas todas que exercem um fascínio inconsciente ( e me parece que consciente pra você com relação as tatuadas. Rs.) sobre eles.
    ;0)

  5. Manual das Encalhadas Says:

    Os 7 pecados capitais [da SEXO]…

    Olá! Vim deixar meu oi e convidá-los a dar um pulinho no #ManualdasEncalhadas Beijoooos…

  6. Daniel Chicote Says:

    Em tempo … sim, eu gosto de mulheres tatuadas … obvio que não aquela que faz de seu corpo um quadro com 300 desenhos. Mas sim aquela bem localizada … como descreveu o Fabio.

    • Natália Says:

      Dan, gosta como? Ou melhor, gosta por quê? Porque a tatu é bonitinha ou porque elas são umas acrobatas ??? A questão em discussão é se a tatuagem faz só fama ou se tem a ver com a temperatura sexual do proprietário.

  7. Lariça Betfuer Says:

    A tatto é vista por algumas pessoas ainda como algo proibido,antigamente quem fazia era descriminalizada pela sociedade, hoje ainda há que torça o nariz, e a mulher quando decide fazer uma tatuagem é vista como alguém disposta a quebrar tabus, a fazer o quer e não seguir um padrão social, por isso acredito que seja mais excitantes aos homens, eu tenho tatuagens, não sou cheia de frescura, vai de cada um, acredito que os homens piram mesmo nas tatuagens, a minha é grande vai desde do antebraço, sobe pelos ombros e desce no colo e seio e percebi uma diferença gigantesca nos olhares masculinos depois que fiz, mas fiz porque sempre achei bonito,porque gosto e não pra impressionar ninguém, acho que ai que tá a diferença, quem faz pra impressionar acaba talvez decepcionando na cama como sugeriu a Natália, mas quem faz por gostar mesmo e é desencanada com o que os outros vão pensar costuma se entregar de verdade em todos os aspectos, inclusive na hora “H”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: