“P” é de “Pós-Coito”: O Sexo de A a Z


“P” é de “Pós-Coito”: O Sexo de A a Z

E eis que chegamos, celeremente, à letra “P”, de “Pós-Coito”, o momento em que as deusas exigem nossa atenção quando tudo que queremos é desfrutar o fastio, lambuzados e bovinamente felizes …


“Sexo é prisão. Doce prisão. Se há alguém escravo numa relação de sexo, somos nós, os homens. O desejo nos acorrenta às mulheres; o momento pós-coito nos liberta. Nos sentimos livres, por alguns momentos, daquela angústia permanente que é nosso desejo ancestral de copular com todas as mulheres do mundo, distribuir nossos espermatozóides e proliferar nossas sementes sobre a terra.

É uma centelha de paz justa, merecida, neste universo tão caótico. E não há razão nenhuma para que sintamos culpa pelo fastio diante da nudez irada e tagarela da mulher que acabamos de satisfazer sexualmente e agora insiste numa conversa sem sentido.”


Share/Bookmark

7 Respostas to ““P” é de “Pós-Coito”: O Sexo de A a Z”

  1. Graça Says:

    Nossa, Fabio, vc quase me convenceu de que a conversa feminina pos-coito fica sem sentido, mesmo…

    Vc nem considera nosso desejo por um carinho, sem o interesse sexual ?

    • Fabio Hernandez Says:

      não durante o breve momento do pós-coito, ou inter-coitos, Graça. nele, e apenas nele, queremos sossego, durante uns poucos minutos.

  2. Graça Says:

    “O desejo nos acorrenta as mulheres; o momento pos-coito nos liberta”…ok, Sr Hernandez…se vc conseguir me responder com coerencia, prometo, reconsidero minha postura sobre o pos-coito:

    Me diga um momento em que nos, mulheres, conseguimos de vcs, homens, um olhar, um carinho autentico, que nao esteja ligado ao desejo sexual, se nao for exatamente nessa hora de libertaçao masculina?

    • Fabio Hernandez Says:

      no intercoitos, Graça. que é entre o pós-coito e o coito seguinte. aí sim somos muito carinhosos

      • Graça Says:

        Ah! Meu querido Fabio…nao convenceu…

        Para que haja o proximo coito tem que reacender o desejo em vcs.
        Concordo que deve ser terrivel nossa, como posso dizer, vivacidade pos-coito, mas…vamos colocar da seguinte forma: colocar o braço sobre nosso corpo ja ajuda bastante e nos faz calar…

        Pode ser uma boa opçao…

  3. Libète Says:

    Entendo a vontade de estar no seu mundo por instantes que seja. Também já foi tema de várias conversas com minhas amigas a falta de ‘sensibilidade’ masculina neste momento. Mas, como já disse aqui, eu também gosto de ficar no meu mundo depois que acaba, curtindo em silêncio, relaxando… Então por que justo comigo já aconteceu tantas vezes o contrário??

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: