Quando o homem não quer que a mulher engravide


Ele fez vasectomia

Ele fez vasectomia

Uma das discussões laterais bizarras do caso Eliza gira em torno do “golpe da barriga”. Primeiro e acima de tudo: nem o advogado de Bruno vai usar este argumento diante do fato gritante de que ele usou camisinha.

Ponto. Exclamação.

Sequer o advogado, repito, seguiria por um caminho tão indefensável. Não existe golpe da barriga com camisinha.

Mas pode haver gravidez, num acidente. É raro, mas pode.

Para homens que podem se transtornar com uma gravidez acidental a despeito do uso de camisinha, há uma saída consagrada, fácil, reversível, banal.

Vasectomia.

“Depois de ter feito papel de pediatra, decidi que nunca vou fazer filho”, disse a uma revista americana George Clooney há alguns anos. ‘Vou fazer vasectomia.”

Simples. E é só desfazer caso você queira.  Novas tecnologias como o laser tornaram a vasectomia ainda mais simples. A principal barreira, segundo os especialistas em controle de natalidade, é, sobretudo em países em desenvolvimento, uma arraigada noção machista de que evitar a gravidez é dever da mulher.

Aceitar a tese estapafúrdia de que Eliza aplicou o “golpe da barriga” ao fazer sexo com um homem que usava preservativo é, além do mais, mitigar a responsabilidade de quem perpetrou uma ação covarde, cruel, monstruosa. Toda vítima de “golpe” tem uma justificativa para sua ação: o próprio “golpe”.

Bruno não deu a Eliza senão o que todos sabemos. Que não receba a clássica atenuante derivada de golpes recebidos.

O resto, para usar a consagrada frase shakesperiana, é silêncio.

52 Respostas to “Quando o homem não quer que a mulher engravide”

  1. Geisson Says:

    Gostei muito! É preciso esclarecer melhor os homens a respeito da cirurgia de vasectomia, em que muitos acham que causa impotência ou estereliza permanentemente.
    Gostei da forma que foi linkada ao caso Elisa-Bruno, vejo que qualquer que tenha sido a postura de Eliza, por pior que seja, ela não merecia pena capital de forma tão cruel como foi “perpetrada”.

  2. Paulo Rods Says:

    Um bom metodo tambem e se relacionar com alguem de carater mais elevado.

  3. Anarcoplayba Says:

    Deus do céu, Fábio… Vasectomia NÃO é banal! Você está falando de uma intervenção cirúrgica pra impedir estelionato! Parece o homem que encontrou a mulher transando com o melhor amigo na sala e tirou o sofá!

    Pois bem, façamos vasectomia! Coloquemos grades em nossas casas! Não saiamos para andar na rua à noite! Contratemos seguranças particulares para nossos filhos e Vigias para nossas ruas! Compremos coletes à prova de balas!

    Porque vivemos num mundo povoado de criminosos, então que nós nos adaptemos a ele ao invés de mudar o mundo!

    Meu deus… e você é o jornalista e eu o advogado.

    • Fabio Hernandez Says:

      anarco, estou falando de uma cirurgia banal sim para quem pode ficar transtornado com uma gravidez a ponto de fazer o que o frangueiro assassino fez.

      • Anarcoplayba Says:

        Fábio, ninguém anda com uma placa escrita “eu mato” no pescoço. Ninguém anda com uma placa escrito “eu sou uma vagabunda” no pescoço (discordo, isso até é mais fácil, mas você precisa se atrever a julgar caráter, algo errado, né?), e ninguém sabe como vai reagir a diversas situações.

        Se ele imaginasse que ia ficar tão transtornado, aposto que não teria ido pra cama com a Srta.

        Fábio, você mesmo disse q “perder a cabeça por uma mulher é normal”.

        Se você sabe que vai perder a cabeça, não é perder a cabeça, oras.

        De mais a mais, não sei sobre as possibilidades de reverter a vasectomia, mas o procedimento de inseminação artificial de homem vasectomizado é legal pra caralho: eles punçam os espermetozóides do testículo. E a chance de a certo é de 25%. Ou seja: quatro furos nas suas bolas pra tentar achar um espermatozóide.

        E de novo, é isso? Vamos fazer uma cirurgia porque não podemos confiar nas pessoas? Deixar de andar na rua à noite porque podemos ser sequestrados? Contratar vigias e seguranças porque não podemos confiar na polícia? Colocar grades em casa e morar em condomínios porque moramos num país violento? E isso é o certo? Isso é o normal? Devemos nos conformar com isso?

      • Fabio Hernandez Says:

        anarco, vc não deve fazer vasectomia porque é um cara normal.
        vai tomar seus cuidados com relação a gravidez e, se houver um acidente, agirá com racionalidade.

        o caso do bruno é outro. a gravidez acidental fez dele um maníaco homicida. ninguém comentou aqui o seguinte: muitas vezes o ódio se aplaca com o nascimento da criança. vc vê aquela criatura tão pura e pensa que existe um outro lado nesta história. o bruninho, daqui a uns anos, poderia estar aprendendo futebol com o pai etc etc.

        nem isso amorteceu o cara.

      • Nina Says:

        Bem Tarso, se eu tenho uma vida sexualmente ativa, a lá californication, e não quero ter filhos, eu investigaria sim opções de vasectomia, prós e contras, etc etc….

        Quanto aos outros argumentos… não, não está certo, mas eu não deixo de colocar cadeado na porta, trancar grade, outra porta e alarme na casa onde moro, visto que a mesma já foi invadida duas vezes. E não me sinto segura voltando de madrugada, sozinha, para casa.

        A história das placas no pescoço: eu ainda acho que andamos com várias placas no pescoço sim, só que a maioria não sabe ler. Ou não quer. Ou não acredita no que tá escrito.

      • Anarcoplayba Says:

        Eu ainda acho que é meio absurdo alguém com menos de trinta anos fazer vasectomia. Inclusive, amigo meu o médico se recusou a fazer (ele tem 25).

        E acho qeu vc tem que continuar se preocupando com sua segurança… mas nunca virar um prisioneiro da própria casa.

        E concordo em gênero, nº e grau: andamos com placas no pescoço. Umas maiores, outras menores, às vezes em línguas que não conhecemos… mas que elas estão lá, estão.

      • Fabio Hernandez Says:

        depende do caso, anarco. depende.
        para o bruno, que mataria por causa de uma gravidez, sem dúvida a vasectomia era uma grande saída.

  4. john Says:

    é verdade anarco.. não é legal colocar uma linha, e dizer: eu faço parte dos penteados, perfumados, e eles sao os assassinos, monstros de pesadelos. Primeiro pq é muito facil xingar alguem de assassino, quando este alguem cometeu algo desenfreado, e vc está sóbrio, no ar condicionado, ouvindo Mozart. Depois pq vc nao sabe como reagiria diante de uma situaçao com mt pressao, sem esperança e violenta. E mais: se for possivel fazer esta linha imaginaria, kem seria o Demiurgo para dizer kem é o penteado e kem é o assassino? Para demonstrar minha opiniao à respeito, vou por aki uma frase, e logo em baixo, vou por o autor da frase:

    “Direitos humanos para humanos direitos”

    Esta frase é de um politico de Sao Paulo, chamado Paulo Maluff

    Isso demonstra q, é claro, todos vao kerer ser do lado dos penteados, né? Apesar dos erros q Maluff cometeu, ele disse esta frase. Levando a crer q sou contra a criaçao da tal linha em comento, e q todos nós poderemos cometer falhas, e quando cometermos, entao, q recebamos uma punição. Mas nao por de um lado os assassinos, e do outro os q se penteiam nos espelhos de suas casas, pois, muitos q juram de pés juntos q sao os penteados, sao pessoas q podem ficar desekilibradas emocionais tb, e/ou q podem cometer falhas..

    E: vasectomia só é reversível por um tempo, depois de uns anos, pode ser, ou nao. Mas acho sim uma opção válida e muito sensata para kem nao ker ter filhos.

    E 2: Tb concordo com o fato de q nao se pode usar o argumento de “golbe da gravidez” para atenuar este homicidio. Mas ela transferia sim toda a derrota e situaçao ruim dela para ele, falava dele com desprezo, com um claro intuito de se ver livre de falta de esperança. Assim como ele cometeu o crime para se ver livre de falta de esperança. E aceitar isso dele, ou atenuar o ato dele diante da violencia dela, é aceitar uma série de violencia, q causaria insegurança… Ele errou e deve ser punido. Mas nao acho certo o colocar no lado dos monstros assassinos, e ela no lado das penteadas. É isso^^

    • rafa Says:

      “tá com vontade sexual? estupra, mas não mata”, célebre!

    • Anarcoplayba Says:

      Cara, discordo por princípios dessa afirmação. Todos somos humanos e todos temos o direito a um julgamento justo e ao cumprimento da pena na exata proporção legal.

      Nosso país é pródigo em reformas legislativas às pressas movidas por deputados que querem pegar carona na comoção popular e que anos depois nos deixam com elefantes brancos na lei.

  5. Karina Says:

    Anarco,

    Só hj vi um link que postou com a notícia do homem que reapareceu anos depois de ser considerado morto, com o suposto assassino preso.
    Vc o usou como exemplo possível depois de eu ter dito que os fatos expostos n dão muita margem para se considerar o goleiro inocente.

    Não sei que intenção vc teve, na verdade, mas o ponto é que essa matéria (como tantos outros casos semelhantes) só corrobora o que venho dizendo: se um caso transitado em julgado, com investigação rigorosa (pressupõe-se), está sujeito a erros, que dirá um julgamento superficial como o que tenho criticado!

    Aqui em cima vc falou: “julgar caráter, [é] algo errado, né?”
    Se está fazendo referência ao que tenho dito, eu lhe respondo de forma que espero que fique clara definitivamente, pq já falei sobre isso em outro comentário: não, não é. Errado é acusar levianamente. Errado é criticar as pessoas pelo bel-prazer de criticar. Isso é o que considero errado.

    Ser maria chuteira ou a maria que for não faz de ninguém mau-caráter (logo, golpista, vagabunda, pistoleira) por associação. Ser atriz de filmes pornôs, idem. Ser participante de orgias, idem. Estou dizendo que nenhuma seja? óbvio que não. Estou dizendo é que não se deveria deduzir o caráter de alguém pelo estilo de vida que a pessoa leva. E que fazer isso é se deixar contaminar por preconceitos, mas estes vc já disse que conduzem suas avaliações mesmo, então n há o que se discutir a respeito da sua linha de raciocínio para elaborar as argumentações, como inclusive não tenho mais feito. Só n distorça minhas palavras.

    • Anarcoplayba Says:

      Karina, repito: julgamento é razão no mundo. Se você tem alguma razão, se você está no mundo, se você não é omisso, você julga.

      Se você tem o direito de condenar (aplicar a pena ou não) é outra história.

      • Fabio Hernandez Says:

        anarco. julgue a eliza como vc gostaria que as pessoas julgassem vc em qualquer situação complicada.

  6. Karina Says:

    George Clooney decidiu n ter filhos depois de ter interpretado um pediatra. Eu, adolescente, resolvi que queria ser pediatra depois de vê-lo como pediatra LOL

  7. Nina Says:

    Uma coisa eu não entendo: ela SABIA que ele era violento, já havia ameaçado, blabla, e ela ENTRA no carro dele com um monte de caras dentro?? Independentemente do que ela faz ou deixa de fazer, é muita burrice!! Veja, ninguém aqui está questionando a brutalidade do crime, muito menos justificando a barbárie..

    Mas, caramba!!! Se eu sei que determinada favela no RJ é extremamente perigosa e violenta, eu não vou passear lá sozinha, cheia de jóias e roupas caras no meio da madrugada.

    Minha conduta justifica o assalto? Não. Só justifica minha burrice e falta de bom senso.

    • Fabio Hernandez Says:

      para de julgar, nina. não seja a inteligente da turma olhando para a burra.
      mesmo com todas as ameaças, como ela poderia prever que o cara fosse fazer o que fez? isso depois de ela ter gritado para o mundo que se algma coisa de ruim acontecesse para ela era culpa dele.

      quem foi burro nesta história? quem não teve bom senso? quem achou que poderia escapar numa boa apesar de tudo? ora, o próprio bruno, não ela. se liga.

      • Nina Says:

        Ah sim, e de fato, algo aconteceu com ela e a culpa foi dele.

        Fabio, vc manda a gente parar de julgar, e é exatamente o que vc está fazendo, e pior: como adolescente apaixonado. Vc distorce todo e qualquer erro da Elisa, santificando-a.

        Bruno, além de burro, foi assassino, sociopata, egocentrico, etc etc.. aliás, julgamentos contra ele não incomodam, é fácil, não é mesmo?
        Sim, confortável, e não nos tiram da nossa zona de conforto.

        Agora, sim, ela foi burra. Talvez pq acreditou na polícia brasileira. Talvez pq no fundo achava que as ameaças dele não poderiam ser levadas a sério. Talvez pq pra ela, um tapinha nem doía tanto, e levar outro soco nem seria problema.

        Agora, uma coisa é certa: que atire a primeira pedra quem pode (como diria o próprio Fábio) Eu também não posso. Agora os meus erros não redimem os erros dos outros.

        Se eu começo a namorar um cara meio machista, violento, que usa drogas e curte orgias, e me trata como lixo, qual conselho meus pais dariam: ah filha, vai lá buscar encrenca pq vc sempre será vítima mesmo e TUDO é culpa dele, ou : filha, enlouqueceu? SAi fora, é perigoso, vc merece coisa melhor!

        (já sei que ela não tinha mãe, o ponto não é esse… o ponto é: tá perigoso? cuide-se……. )

      • Fabio Hernandez Says:

        eu não santifiquei ninguém; apenas tenho me empenhado para que ela não seja vítimas de infâmias como as que vc joga sobre ela, nina.
        cara ‘meio’ machista chega a ser engraçado, não fosse o crime cometido.
        nina? vuuuuuuu

      • Nina Says:

        Fábio, o meio machista foi quase irônico… e estava me reportando às situações descritas antes do crime.. Mas né, não apertei a mão do cara, não o conheço, sei lá se posso julgá-lo de totalmente machista..

        Ah! Mas comportamentos das pessoas (como um crime) nos habilitam julga-las?

        Ah sim, totalmente machista e louco.

        Agora, que tipo de infâmias estão sendo jogadas? Ela correu um risco premeditado? Sim. Infâmia? Julgamento? Será?

        Repito: ninguém aqui está redimindo o assassino. Vc está santificando Eliza sim a partir do momento que vc a isenta de qualquer pecado, qualquer erro. O fato dela ter sido irresponsável NÃO IMPLICA em diminuir a gravidade do assassinato..

  8. Nina Says:

    Em tempo: momento mulherzinha ON:

    Suspiros por George Clooney

    ai ai

    • Fabio Hernandez Says:

      nina? vuuuuuu, e dos negões da áfrica do sul.
      se liga

    • Nina Says:

      Podem vuvuzelar a vontade, que continuo suspirando, quase que anestesiada…

      Agora, em 11 homens e um segredo ele tá impecável, hein? Até melhor do que em E.R.

      ai ai

      • Anarcoplayba Says:

        Eu queria falar mal do GC, mas ele conquistou meu respeito em Michael Clayton.

    • Nicky Says:

      (Agora sim, algo que merece meu comentário.)

      George Clooney em Ocean’s Eleven é out of this world!
      Só não ganha do Davi Villa na final da copa. ♥
      ai ai!

      La Fúria!

      • Fabio Hernandez Says:

        hmmm? todo o resto não mereceu seu comentário? ora, que demonstração de superioridade!

      • Anarcoplayba Says:

        É uma questão de prioridades, Fábio.

        Sabe porque dá pra tapar a imagem da lua usando o dedão, mesmo a lua sendo tão maior que você?

        Simples: o dedão é seu, é muito mais relevante na sua vida, e um cortinho nele vai doer mais que um meteoro na lua.

      • Nicky Says:

        Bom, vamos analisar BEM as minhas possibilidades.

        1. Ficar dando murro em ponta de faca, já que NADA do que disser vai acrescentar algo a uma discussão ridícula sobre uma biscate que teve um momento de burrice e morreu.

        2. TENTAR me de convencer de que você NÃO está santificando a moça e te defender, o que “não vai estar sendo possível”…

        3. Dar uma pausa na minha rotina estressante de trabalho – já que nem todas nós recorrem de recursos Elízicos para subir na vida. ALgumas de nós são BURRAS e tentam fazer faculdade, tentam ter caráter, tentam usar PÍLULA ANTICONCEPCIONAL pra não ficar grávida de um cara que não é nosso marido…- e pensar um pouco no George Clooney, um cara que NUNCA vai saber que eu existo, mas que vai colorir um pouco a minha tarde estressante.

        ora, que demonstração cretina de sarcasmo da tua parte pra cima de mim, oh, dono da verdade Hernandez.

        Vuuuuuuuuuu!

      • Nina Says:

        Pombas Nicky!!!

        Como assim colorir UM POUCO sua tarde estressante????

        Eu diria colorir imensamente alguns instantes de uma tarde estressante!

        hehehe

        =D

      • Anarcoplayba Says:

        Nina, Nicky, ele é gay. ¬¬

      • Nina Says:

        Don’t believe!!!!!! Preciso de provas.

        (embora, caso ele seja de fato gay, ainda dá para falar que a tarde fica co.lo.ri.da! … e brindemos com capirinha de morango)

      • Nicky Says:

        O Villa?
        Ou o Clooney?

        Que eu saiba, gay é o Piquet, que namora o Ibra…

        MAS…
        Quem liga!? ;D

      • Nicky Says:

        Porra, Nina!

      • Fabio Says:

        nicky, por mais que vc se esforce, jamais vai escrever um comentario tao preconceituoso, tao arrogante e tao descabido qto o que escreveu …

      • Anarcoplayba Says:

        Ah, ela sempre pode falar que a Eliza morreu porque deus quis.

        E caro fábio, pra mim isso é despeito. Eu tbm n gosto do George Clooney, e acho que todos os homens mais bonitos que eu deveriam morrer. Mas como isso n é socialmente aceitável, sugiro que vc espalhe que ele é gay.

      • Nicky Says:

        Fabio que não é o Hernandez, estou pensando positivo:
        eu não tive um filho de um psicopata.

        Então vou ficar feliz sendo arrogante e ficando viva.
        Beijos ~

  9. Fernando Says:

    Sou urologista. Vasectomia é um procedimento extremamente delicado, como são todos os procedimentos cirúrgicos.Dentre as complicações da cirurgia, pode-se citar um hematoma escrotal e infecção, que impedem relação sexual por semanas e causar deformidade permanente.Também pode ocorrer inflamação crônica (epididimite), com dor testicular crônica. Isso só para citar as complicações mais comuns. A vasectomia só pode ser revertida em cerca de 40% dos casos, com um novo procedimento cirúrgico ainda mais delicado do que o inicial. Além disso, não é etico fazer tal procedimento, que é praticamente irreversível, em um rapaz de 25 anos. (e convenhamos ele não queria ter filhos com ESSA moça, o que não significa que ele não quisesse ter filhos)

    • Fabio Hernandez Says:

      fernando, não é uma questão médica, é uma questão de bom senso.
      o cara já tinha filhos, aliás.
      o que seria melhor para ele: fazer vasectomia ou fazer o que ele fez com ela ou faria com outra que engravidasse?
      era um sujeito capaz de se tornar um monstro diante de uma gravidez. logo, uma vasectomia era o caminho mais simples, até para ele.

  10. john Says:

    caro fh… quando chega uma pessoa e fala: vc está santificando-a.. Aih vc diz: nao estou.. Chega uma segunda pessoa, e diz: vc está santificando-a. E vc nega. Entao chegar uma terceia, uma quarta, kinta, sexta. Todos aki dizem q vc está santificando a Elisa. E vc diz: estou apenas tentando impedir q falem infâmias dela. Ninguem q está analisando racionalmente os atos dela e dele, estao isentando o Bruno do crime, e nem falando q ela merceu. Apenas vejo pessoas q veem nela uma pessoa falha, q usou de violencia com o uma pessoa q já demonstrava ser violenta. E se vc ver nisso como o mesmo q coloca-la como vitima de infamia, entao fh.. Sim, vc está santificando-a. Será q o mundo está errado e vc está sozinho com sua pekena e inocente vuvuzela, falando q o mundo está louco afirmando q vc está a santificando? e vc dizendo q nao, sozinho.. É fh.. eis os pontos de q pq ela teve sim o kinhao dela de culpa:

    1) ela o ameaçava, falando q se ele nao pagasse plano de saude pra ela, nao desse casa, comida e roupa lavada pra ela, entao ele teria q arcar com as consequencias, porem, ela era fraca para dar estas consequencias da ameaça dela, oq nao tira a violencia dela.

    2) ela transferia para ele a situaçao dela, q ela já estava desde antes dele a conhecer. E isso é arrogancia tb, pois ela dizia da situaçao dela com desdém em relaçao à ele, como se ela estivesse assim por causa dele

    3) Ela usava essas ameaças para ele, no sentido de se ver livre da falta de esperança da vida. Q foi justamente o q ele fez, porem, concebendo a morte dela, coisa q ela nao chegou a tanto, mas tb nao a exime da violencia praticada, pelo contrario, se trocar e ficar ameaçando uma pessoa q ela mesmo chamou de: “criado entre favelados e malandros” é bem equivocado. Se ele é tudo isso de ruim q ela disse, entao pq ela o ameaçava, e se aproximava dele, até entrava em carro dele todo peliculado, se ela sabia q ele era tudo akilo de ruim??

    E, como sempre eu disse aki, nao kero falar dessas falhas dela como atenuante. É claro q em uma briga inflamada dessa, e pedidos dela de q algo poderia acontecer, gera dois entendimentos:

    1) ela nao era inocente e sabia com kem estava brigando

    2) a policia, exatamente por isso, deveria intervir, para evitar o desfecho.

    eis meu entendimento fh. Nada de 200% de culpa para ele, pq ele foi o assassino do caso, claro q ele deve ser punido. Mas ela aprontou tb. Respeito vc kerer recitar poesia à ela, e chorar ouvindo bethoven ao pensar nela. Mas espero q vc respeite minha opiniao de a ver como um ser humano q merecia viver mais q 25 anos, e q cometeu falhas sim. E a ver como ser humano é muito, por isso q nao colokei um “apenas” antes, pois ‘apenas’ por ser humana, e apenas por isso, já a dá direito de ter vivido e nao ser vitima desse caso. Mas q ela aprontou ela aprontou. Sempre q digo q ela aprontou, tenho q dizer q ele está errado, senao vao usar isso como se eu estivesse colocando-a como vitima de infamia…

    Todos falam q ela era inocente, q nao sabia com kem estava se metendo. Entao pq quase tudo q fikei sabendo de como ele era violento, foi por depoimentos da propria Elisa? Ela disse o q ele era capaz de fazer! Ela disse q ele era violento e o q ele fazia! Como ela nao sabia q ele era violento??? Eu fikei sabendo q ele era pq ela disse q ele era. E isso já é suficiente para destruir o argumento de q ela era uma pessoa sem condiçoes de discernir sobre os proprios atos, e clamar uma suposta inocência dela para isso.. Vc pode negar essa minha ideia FH, mas se vc negar, de forma racional, dizendo onde destruir cada ponto de minha ideia, kem sabe eu nao mude ideia? agora vc apenas nega, e nao diz o q fazer com meus argumentos. Negar, sem dizer o q fazer a logica de um argumento nao é negar. Isso é o q os religiosos fazem com a lógica: eles apenas negam a logica, dizendo q o deus biblico pode fazer tudo e nao está subordinado à logica, jogam coros de vuvuzelas para a ciencia e a lógica, mas nao dizem o q fazer com os argumentos coerentes da ciencia e da logica, e pq eles devem ser jogados no lixo. Apenas negam tudo, e falam o deus do livro deles pode tudo. Nao é assim q se nega algo..

    • Fabio Hernandez Says:

      não tenho nenhum problema em defender sozinho a eliza diante de infâmias como as suas, john.

  11. john Says:

    correção: Vc pode negar essa minha ideia FH, mas se vc negar, de forma racional, dizendo onde destruir cada ponto de minha ideia, kem sabe eu nao mude ideia? agora vc apenas nega, e nao diz o q fazer com meus argumentos. Negar, sem dizer o q fazer com* a logica de um argumento nao é negar. Isso é o q os religiosos fazem com a Lógica*: eles apenas negam a Logica*, dizendo q o deus biblico pode fazer tudo e nao está subordinado à Logica*. Jogam coros de vuvuzelas para a ciencia e a lógica, mas nao dizem o q fazer com os argumentos coerentes da ciencia e da logica, e pq eles devem ser jogados no lixo. Apenas negam tudo, e falam q* o deus do livro deles pode tudo. Nao é assim q se nega algo..

  12. john Says:

    eis um urologista aki: fernando! e o q ele disse explika muita coisa: vasectomia apenas é reversivel em alguns casos, e depende da cirurgia inicial. Nao é com um click q se desfaz nao. E, pode ser q bruno keria ter filhos sim, mas com ESSA moça. Logo, isso desfaz é o argumento de q, se le sabe q ficaria desnorteado com uma gravidez, entao ele deveria fazer vasectomia. Na verdade, ele deve ter ficado desnorteado foi com as violencias por parte dela, em exigir q ele a levasse para casa dele. Claro q ele agiu errado. Ele cometeu homicidio, e deve ser punido. Mas ela aprontou tb..

  13. john Says:

    hahahahahhahahaah

    vc disse no post posterior:

    “Você (elisa) não teve culpa de nada, Eliza. Você sonhou, você buscou a alegria que a pobreza impede”

    keria ver se ela tivesse buskado em vc, essa alegria q a pobreza a impediu. hehe
    Nao digo q seria licito a matar, claro q nao. Mas keria ver se vc iria ligar o ar condicionado, ouvir Bethoven e fazer poesia tranquilamente diante dessa busca poética e sonhadora.. keria saber nao por maudade.. Apenas ‘inocentemente’ 😉

  14. john Says:

    maldade*

  15. john Says:

    Esse argumento de q ela buscou ‘inocentemente’ a alegria q a felicidade a impediu, está me saindo igual às pessoas q usam drogas, e falam q é apenas um cigarrinho inocente, q usam inocentemente, em um mundo onde é ostensiva a propaganda de q alucinógenos nao fazem bem.. 😛

  16. john Says:

    propaganda e estudos*

  17. Ronnie Says:

    Estou sendo vitima de um golpe da barriga, tenho 39 anos e dois filhos do meu primeiro casamento… Tenho minha noiva da qual eu amo e pretendo ficar com ela, acontece porem que fiz a maior besteira da minha vida, tenho um prima de terceiro grau muito bonita com 34 anos e muito bem sucedida financeiramente ela começou a me ligar e convidar para sair de maneira insistente o que me causou estranheza, mais acabei caindo na sua graça… Fiz um baita cachorrada com a minha noiva e acabei indo para cama com a minha prima. Pra encurtar a conversa num belo dia ela me liga e diz !!! Estou gravida , mais não precisa se preocupar com nada eu me viro. Fiquei puto da cara porque fui usado igual a um cachorro que foi pego para cruzar. Agora não sei o que eu faço, morro de medo de perder a minha noiva e tbm não sei que essa maluca vai querer de mim quando essa criança nascer. Tremenda mancada da minha parte, caí direitinho.

  18. ivonete Says:

    quero receber o email de vcs !! obrigada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: