Atire a primeira pedra em Elisa quem pode


RIP

RIP

Eu já estava comovido com a morte de Eliza, uma suburbana que sonhou como toda moça e terminou num pesadelo pavoroso.  Pode ter servido de comida para cachorro.

Agora estou irritado também. A reação das pessoas é uma espécie de segunda morte de Eliza. Ora, a indignação num caso destes tem que ser incondicional. Toda a severidade deve ir para os assassinos. Cada vez que se coloca uma ressalva, a responsabilidade dos carrascos diminui. É assim que são as coisas.

É um absurdo erguer ressalvas nesta tragédia. Este é um trabalho sórdido que só faz sentido, e mesmo assim temos que tapar os narizes, se é executado por advogados inescrupulosos, abomináveis, que farão de tudo para colocar a culpa em Eliza.

Ainda que Eliza fosse tudo isso que algumas pessoas estão dizendo numa atitude de juiz cruel, mesmo sem conhecê-la.  Ainda assim.  Atire a primeira pedra quem pode. Eu não posso. Alguém aí pode?

Esperta? Esperta é Galisteu, que virou rica em cima do cadáver de Ayrton Senna. Esperta é Cicarelli, que se promoveu quando o Fenômeno era o Fenômeno. Esperta é a jovem inglesa que dormiu com meio time do Chelsea e depois vendeu a história por uma fortuna para um tablóide. Esperta é Elin, a Maria Taco viking que deixa um casamento com um predador como Tiger Woods com centenas de milhões de dólares.

Eliza é uma coitada. Nasceu pobre, viveu pobre, morreu pobre. Aos 25.

Se não viveu em paz, que ao menos repouse em paz na morte, protegida da maledicência desrespeitosa, cruel e intolerante de quem finge que pode atirar pedras.

102 Respostas to “Atire a primeira pedra em Elisa quem pode”

  1. Eli Santos Says:

    Texto perfeito, Fabio…
    Parece simples, mas as vezes as pessoas não entendem que uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa… O que vc faz ou deixa de fazer não dá o direito de ninguém tirar a sua vida de forma tão inescrupulosa…
    Que a justiça seja feita…

  2. Camila Alves Says:

    Fábio,
    nessas horas, sugem peritos criminais, psicólogos e palpiteiros de todos os lugares. Brotam do chão!
    Acho facílimo, ainda que bastante perigoso, apontar o dedinho para a desgraça alheia. Fácil, pq a ferida está doendo em outras pessoas. Perigoso pq, né? Quem tá na vida tá sujeito a toda a sorte de coisas.
    Não acho que os mortos devem ser automáticamente “canonizados”. Os erros cometidos são os erros cometidos, ponto. No entanto, não cabe a nós julgar os erros alheios. Se Eliza errou, por quaisquer motivos que tenha errado, quem sofreu as piores consequências disso foi ela própria, coitada. Quer um castigo maior que perder a própria vida?

  3. Grace Olsson Says:

    NAO TENHO RESSALVA NENHUMA A FAZER. A unica coisa que tenho feito, acredite: É CHORAR! CHORAR DE PENA DESSA MOCA.
    Ela bem poderia ser a minha filha quee tem quase a mesma idade.
    A sociedade é hipocrita, tacanha, mesquinha. Fragil em defesas…:E na forma simples de falar de fatos que, sinceramente, nao dar para entender.
    Quando eu leio uma mulher achando X Y Z de justificativas, percebo que elas querem dizer apenas OLHEM APRA MIM…EU SOU MULHER…DIGNA E INCAPAZ DE ME SUJEITAR A TANTO.
    Vou chorar por que nao há ninguém nessa vida que tenha que perder a vida dessa forma…e partes do corpo jogadas aos caes…

  4. Anarcoplayba Says:

    Não, não é.

    Cesare Beccaria falou séculos atrás que o crime tem que ser punido objetivamente, sem levar em consideração a pessoa morta ou o assassino. Pouco importa se quem matou foi o goleiro do flamengo ou o traficante da esquina. Pouco importa se a vítima era uma freira ou uma puta.

    Que se aplique a pena prevista na Lei. Ponto.

    O que você quer é uma indignação parcial: que só um lado seja julgado.

    Ora, estamos julgando o crime? Não há necessidade, está na Lei.

    Estamos julgando as pessoas? Então que se julgue sim, ambos os lados.

    Não dá pra querer comparar o comportamento de uma vítima inocente com o de uma vítima não inocente. O viciado que compra drogas e não paga o traficante é uma vítima, mas não é inocênte.

    De mais a mais, dada a quantidade de filmes que ela fez e quanto viajava, não acredito que ela tenha morrido tão pobre.

    • Fabio Hernandez Says:

      anarco, se ela tivesse matado, ela sim é que tinha que ser julgada.
      como foi assassinada, não é pertinente julgá-la, aé porque teríamos que conhecê-la com bem mais profundidade.
      todas essas coisas que vc está falando — ressalvas a ela — serão ditas pelo advogado, porque é pago para isso.

      • Anarcoplayba Says:

        Fábio, de novo: Pra mim, discutir o crime dele é denecessário: Um crime é um crime! Ele vai ser punido (espero). A Lei tá aí, pelo menos.

        Agora, o que não é reprimido, e eu considero absurdo é a categoria de Maria Chuteira ser aceita socialmente, quando não é: São golpistas tentando se dar bem às custas dos outros. PONTO. Merece morrer por causa disso? NÃO.

        Mas esse tipo de complacência tbm é nociva! É nociva até mesmo pq, da mesma forma que diversos homens envergonham a classe, ela envergonha a classe também.

        Pq podemos falar das diversas golpistas que você citou e dela não? Pq ela morreu? Morreu virou santa? Discordo.

        E, olha, eu sou contra julgamentos “exemplares” pq eu acho que distorce a Lei, mas nesse caso, eu abro uma exceção.

        Que ele sirva de exemplo do que deve acontecer com quem assassina uma pessoa. Ela já serviu de exemplo do que acontece com quem tenta dar o golpe da barriga no cara errado.

      • Fabio Hernandez Says:

        pera um pouco, anarco: golpistas à custa dos outros? quem são as vítimas? os jogadores de futebol? vc acha mesmo que eles se consideram vítimas das mulheres que eles mesmos procuram? o terry, da seleção inglesa, que era tido como pai e marido exemplares, saiu com uma e teve um tremendo problema. vítima dela? ora, ele comeu a moça porque quis. ninguém forçou nada. que golpe é este? não é golpe nenhum.

      • Anarcoplayba Says:

        FH, se você celebra um contrato e a outra parte te engana, você é vítima sim!

        Nesse caso o contrato era: sexo sem compromisso e sem vínculos.

        Ela não queria: ela queria vínculos! Ela queria se garantir pro resto da vida! E arranjou um vínculo que coage quer queira quer não: filho.

        Poderia ser chantagem, whatever.

        O fato é: se ela estivesse interessada no porte atlético dos jogadores de futebol não teria engravidado “por acidente”.

        E nisso reside o estelionato, nisso reside a esperteza: o acordo era sexo sem compromisso. Ela, enquanto Maria Chuteira, deliberadamente quebrou esse acordo de forma maliciosa para se beneficiar às custas dos outros.

        E nem vem me falar que “foi acidente” a mina é atriz pornô: ESPERA-SE que ela tomasse todos os cuidados anticoncepcionais da mesma forma que se espera que um médico faça assepsia.

        Nisso eu repito: é por isso que eu gosto das putas: Elas são sinceras e tabeladas. Quando você contrata uma você sabe exatamente o que vai ter e quanto vai gastar.

      • Fabio Hernandez Says:

        nnnnnão, anarco. o cara não é vítima coisa nenhuma. é um assassino. pensou em matar até o filho, conforme se lê hoje.
        ele falhou até na prevenção. quem não queria gravidez era ele: que ele fosse competente nisso. ela não disse que era estéril, que tomava pílula etc, coisas que poderiam levar a um golpe.

        putz, vira o foco pro cara. basta dizer: filho da puta! e ainda tem coragem de falar na copa de 2014 …

      • Ana Says:

        ctrl C+ Ctrl V dos dois comentários do Anarco!

        e se existe Maria chuteira é pq existe procura. E como o Anarco brilhantemente disse, homens como o Bruno, que envergonha toda a humanidade, e o Terry, e todos os outros que, com outro contrato de casamento, se deixam envolver com essas moças, envergonham os homens, ao meu ver.

      • Fabio Hernandez Says:

        os homens envergonham a classe não ao se envolver com mulheres, quaisquer que sejam, mas ao assassiná-las mostruosamente, covardemente.

      • Ana Says:

        Ah, reiterando, citando o Anarco que disse que alguns homens envergonham a classe. Talvez pra ele não seja os que eu citei. Estamos aí para respeitar o ponto de vista, nesse ponto é possível respeitar o ponto de vista. desde que ninguém levante a bandeira do “Ela mereceu” (com o que ninguém aqui concorda.)

      • Anarcoplayba Says:

        Fábio, eu estou falando que ele é um assassino desde o primeiro texto. O que eu quero ver é você falar que ela era uma golpista.

      • Anarcoplayba Says:

        @FH: “os homens envergonham a classe não ao se envolver com mulheres, quaisquer que sejam, mas ao assassiná-las mostruosamente, covardemente.”

        Fábio, isso é a sua opinião. Pra mim homem que perde a cabeça por causa de uma bunda envergonha a classe sim.

        Regra pra vida: Se você não gostaria de misturar seus genes com o da srta. em questão por algum motivo, não transe. Ou, como dito nas musiquinhas da faculdade: “Entre o cu e a buceta eu prefiro a punheta que tem mais valor.”

      • Fabio Hernandez Says:

        se liga, anarco. se o homem não perdesse a cabeça por mulher a humanidade acabava. se liga

      • Anarcoplayba Says:

        1) Fábio, deixa de sofisma: O golpe da Barriga foi dela. Ele tentou usar preservativo. Existem diversas formas de estourar uma camisinha. Quer fazer um teste? Coloca uma camisinha, e meramente passa a mão nela com óleo de massagem. Em menos de dois minutos de coito essa camisinha vai estourar.

        2) O Advogado de defesa dele não vai pintar esse quadro (espero) porque não tem o MÍNIMO fundamento como estratégia de defesa. Provavelmente ele vai a júri popular para ser julgado. Os Jurados vão falar “culpado” ou “inocente” e o Juiz vai aplicar a pena. Tenho certeza que os jurados vão falar culpado e tenho certeza que o Juiz vai sentar a mão na pena.

        3) Fábio, Vasectomia não é opção, inclusive porque os médicos não podem, pelo código de ética, fazer vasectomia em quem tem menos de 30 anos e não tem filhos. Amigo meu já pediu pra fazer e não pôde.

        4) Falar que vasectomia é uma opção é o mesmo argumento do Celibato. Você precisa mesmo tomar uma atitude desesperada assim? Você não pode confiar nas pessoas? Se você não confiasse em ninguém, aí sim todas as relações humanas acabavam. “Já sei: nunca mais vou formalizar contrato nenhum: vai que é um estelionato! Nunca mais como em restaurante, vai que a comida é nojenta!”

        4.i) Só pra constar: não estou defendendo o Bruno, notadamente porque, se eu fosse ele eu ia fugir de mina desse tipo. Meu, uma orgia de jogadores de futebol, você ACHA que não vaie estar lotado de Maria Chuteira? Velho, come uma puta que ela vai ser mais sincera, honesta, barata e confiável! Ele foi BURRO ao cair nessa e um criminoso ao ter mandado matá-la. Criminoso é uma palavra que ainda não faz jus.

        5) Fábio, quem fala que ninguém é melhor que ninguém normalmente não é melhor que ninguém em nada.

        6) Fábio, eu paro por aqui. Perder a cabeça não é normal. Seres humanos tem que ser melhores que isso. Se deixar guiar pelos seus hormônios é o que as plantas fazem. Perder a cabeça é normal… Isso explica tudo.

        Eu perguntei no texto anterior: milhares de pessoas morrendo todos os dias. Você silencia. Por que falar dela? Se ela fosse feia, você escreveria o mesmo texto?

        Perder a cabeça é “normal”, e você perdeu a cabeça por causa de uma Maria Chuteira… Assim como perdeu a cabeça por causa da gostosa demitida do citibank… Assim como perdeu a cabeça pela Belle de Jour… As feias? Essas que se recolham à sua insignificância.

      • Fabio Hernandez Says:

        um minuto de silêncio por todas as pessoas que morrem todos os dias.

      • Anarcoplayba Says:

        Um minuto de silêncio pelas que morrem todos os dias. Três posts para uma gostosa. Boa.

  5. Grace Olsson Says:

    Nao vejo uma dessas mencionadas por vc, ir à imprensa em defesa de Eliza. Sabe por quë?por que elas se acham melhores. A unica diferenca é que cada uma delas nao teve a má sorte de cruzar com um homicida. E vou além, querido. QUALQUER UMA MULHER,NAMORANDO UM ACOUGUEIRO, LIXEIRO, EMPRESARIO, BRASILEIRO, EUROPEU, RICO OU POBRE, PODE CRUZAR COM UM HOMICIDA FEITO BRUNO.
    Pena que a maioria das mulheres nao param para pensar.
    Que ela descanse em paz!

  6. Grace Olsson Says:

    a maioria nao para

  7. Graça Says:

    Fabio, ninguem, nunca pode atirar a primeira pedra !

    Em uma discussao, as pessoas podem se expressar de uma forma diferente da sua, apenas isso. A comunicaçao e uma coisa engraçada…podemos estar dizendo a mesma coisa e cada um estar entendendo de uma forma diferente. Foi isso que senti que aconteceu entre algumas pessoas aqui, por isso estou dizendo.

  8. Daniel Says:

    Hahahahahaha, Maria Madalena, eu rí 😀

    O que se fale sobre a Eliza depois dela estar morta não afeta em nada a “paz” dela. Ela simplesmente não existe mais, para ela não tem mais paz nem menos paz. A Eliza sente tanto o fato de alguns chamarem-na de golpista quanto a minha caixa de som sente por eu dizer que ela já tá boa pra ser jogada fora.

    A discussão aqui serve só para os vivos, para se debater o quanto de culpa uma jurisprudência parcial e injusta têm de culpa na ocorrência destes episódios. Para que se formulem novas formas de pensar as diferenças de gênero (o caso não foi de violência de gênero mas traz à tona um debate sobre as questões de gênero, teve gente no outro post que teve dificuldade de entender esta sutil diferença). Enfim, o debate só serve para nós que estamos debatendo e sobretudo para quem passar por aqui e ler as diversas opiniões e a partir delas poder formular melhor as suas próprias.

    É estranho este seu conceito de que espertas são as que se dão bem e coitadas são as que se dão mal. Quer dizer que a esperta Cicarelli se tivesse levado umas bordoadas do Ronaldinho virava coitadinha? A esperteza e a desonestidade não residem na tentativa, mesmo que seja frustrada? Por uma simples analogia: se dois assaltantes roubam um banco e um deles é morto pelo segurança enquanto o outro foge com o dinheiro o primeiro é coitado e o segundo é esperto?

    E eu me apresento para atirar as pedras (criticar) golpistas como a Eliza. Embora tenha passado e ainda passe por muita dificuldade financeira na vida (muito mais do que a Eliza jamais passou, pode ter certeza disso) nunca usei minha pobreza para justificar condutas desonestas.

    De qualquer modo a sua citação bíblica continua representando a visão parcial que você tem da história. Para ser coerente com o seu sentimento crsitão você deveria dizer “atire a primeira pedra no Bruno e na Eliza quem puder”.

    • Fabio Hernandez Says:

      daniel, esperto, por definição, é quem se dá bem. ponto. não queira mudar a definição das palavras.
      quem se dá mal não é esperto. se fosse, se dava bem.

      • Daniel Says:

        Do Michaelis

        esperto
        es.per.to
        adj (lat vulg *expertu, por experrectu) 1 Acordado, desperto. 2 Ativo, inteligente (falando-se das pessoas). 3 Vivo. 4 Que tem agudeza e atividade. 5 Sagaz. 6 Estimulado. 7 Quase quente; morno: Água esperta. Antôn (acepções 1 e 2): indolente; (acepções 3 e 5): simplório. ”
        “esperteza
        es.per.te.za
        sf (esperto+eza) 1 Qualidade do que é esperto. 2 Ação ou dito de pessoa esperta. 3 Astúcia, sagacidade. 4 Habilidade maliciosa. ”

        Viu quantos significados diferentes para esperto e esperteza Fabio? (e acredite, não estão todos aí)

        Sabe o que define o que define qual o conceito correto? O contexto e a intencionalidade do discurso. Quando o Anarco usou o termo esperto lá no outro tópico ele usava num sentido próximo à definição #4 de esperteza, isto é “esperto = aquele que tem habilidade maliciosa, que age com malícia”.

        Foi por conta do comentário do Anarco no outro post que você usou o termo esperto aqui (este post nada mais é que uma resposta indignada aos comentários do outro post) então se tem alguém mudando o significado das palavras é você que para refutar a afirmação do Anarco (de que a Eliza tentou ser ixperta e se deu mal) está usando esperto num significado diferente daquele que o Anarco usou.

    • Fabio Hernandez Says:

      daniel, eu não estou atirando pedra no bruno, embora tudo indica que ele merecesse uma tijolada. só estou dizendo que é absurdo colocar o holofote nela.

  9. Karina Says:

    bom, Fabio Hernandez, posso n aprovar as condutas dessas mulheres, n compactuar com essa “esperteza”, mas usá-las como exemplo negativo nesta discussão tb n ajuda. Assim, infelizmente, faz parecer que bastaria um passo a mais, ou uma condição de vida diferente, para a garota que morreu merecer tb o apedrejamento.

    • Fabio Hernandez Says:

      putz, karina, será que não dá apenas pra dizer: coitada da eliza!
      pra que circunlóquios, análises psicológicas etc?
      basta ter pena dela, sem ressalvas porque isso é para advogado.

  10. Robson Says:

    Não existe no mundo um assassinato sequer que possa ser justificado, tampouco amenizado, independentemente da conduta da vítima.

    Analogia:
    É como bater atrás de um carro: o que bateu é o culpado, não restando discussões, muito menos chances de defesa.

    Que os algozes sejam devidamente punidos.
    E que pena que a pena de morte não é praticada no Brasil para crimes mortais de autoria “dolosamente” comprovada.

    • Anarcoplayba Says:

      Robson, concordo com o que vc disse, mas é uma péssima analogia.

      O assassinato não se justifica. PONTO. Crucifiquem-me se eu prefiro falar da conduta dela ao invés de falar da conduta dele, mas a conduta dele já é crime e já é reprimida legalmente. A dela não.

      De mais a mais, bater na traseira de alguém (de carro) é presunção relativa de culpa. Presume-se a culpa, mas admite-se prova em contrário.

      De novo, o resultado criminal do julgamento dele pouco me interessa. A discussão sobre as marias chuteiras me interessa muito.

      • Robson Says:

        Compreendi seu ponto de vista, Anarco.

        Não estou ojerizando o fato da discussão girar em torno da Eliza e das marias chuteiras, contanto que tal polêmica não seja considerada no tribunal a fim de amenizar a ainda “provável” culpa do Bruno e de seus comparsas.

        Enfim, penso que se for pra entrar em altercação sobre a conduta das marias chuteiras, que seja, então, das que estão vivas, a maioria, inclusive, muito bem de vida.

      • Gueixa Says:

        Então, Robson…Toda vez que o enfoque for em cima da conduta de Elisa que provocou a reação do Bruno, estaremos legitimando o que ele fez.

      • Fabio Hernandez Says:

        isso, gueixa. essas considerações moralistas, retrógradas, levianas são para o advogado de defesa — pago — fazer.

      • R. M. Gonçalves Says:

        Aí sim!
        Conheço (por terceiros) uma garota aqui de Santos que saiu com o Robinho no começo da carreira dele. Ela bem que tentou se aproveitar, mas ele, “inteligente”, não caiu em sua armadilha. 😉

      • Anarcoplayba Says:

        Gante, é difícil falar “Ele é um assassino e ela é uma golpista”?

        Nós não temos capacidade de pensar que vagabundas e canalhas também morrem? É difícil analisar de forma fria toda a vida que a menina levou e emitir um julgamento de valor isento e fundamentado? (isento do fato que ela morreu, que fique claro)

        Vamos lá, vamos todos fazer um exercício de julgamento: O ACM era um filho da puta e morreu. A Elisa era uma vagabunda e morreu. A Madre Teresa dedicou a vida toda à caridade e morreu. O Bill Gates é um dos maiores filantropos do mundo.

        É difícil aceitar e entender que pessoas que criticamos também tem qualidades?

        Agora, pelamor, querer transformar a Maria Chuteira numa Santa pra “evitar leniência com o assassino”, deixa eu repetir o clichê do Fábio: “Espero que vocês nunca sejam julgados por Juízes passionais como vocês.”

  11. Paulo Rods Says:

    eu tbm nao poderia atirar pedras na Eliza e nao atiro. tbm nao poderia canonizar ela e acho q nem o papa poderia (alias quem e a igreja catolica para canonizar alguem?) nao poderia mudar a opiniao de ninguem tambem,
    cada uma tem a sua e como descartes disse `o bom senso e o bem mais bem distrubuido no mundo pois todos acham que tem` agora nao posso tambem dizer que um crime nao e um crime por que e sim um crime brutal violento e covarde contra uma vida e que merece um julgamento severo para servir de exemplo para um covarde pensar duas vezes antes de formar uma quadrilha para se livrar de um problema criado por ele mesmo e que nao foi tao macho assim para levar a cabo sozinho seu plano macabro.
    eu tbm lamento por essa vida que se foi e pela nossa sociedade hipocrita que coloca a culpa na vitima, nao ha desculpa nem argumento crime e crime, quanto a julgar as pessoas por seu comportamento e leviano e facil de se fazer quantos de nos homens nunca consumiram pornografia de alguma forma?… parei por que aqui por que isso simplesmente me da nauseas…outras galisteus e cicareles virao …outras Elizas irao e o sucesso de seus golpes definira quem e a puta e quem e a celebridade. o meu coracao de brasileiro que sonha com um lugar melhor sangra….

  12. Alice Barros Says:

    Independente das intenções de Eliza, de dar ou não o golpe, de buscar ou não a fama, ninguém tem o direito de julgá-la e muito menos de tirar a vida de alguém.
    Uma história horrenda e cruel que foi perfeitamente abordada por vc, FH!
    parabéns, excelente texto!!!

  13. libète Says:

    Você foi perfeito nas suas palavras! Me impressiona a maneira como as pessoas falam, julgam e sobretudo, o tempo que gastam fazendo isso!

  14. Gueixa Says:

    Fabio, a Elisa já foi julgada e sumariamente executada pelo Bruno e seus comparsas.
    É isso o que queremos? É essa a “Justiça” que queremos?
    Qualquer coisa que se fale de Elisa e sua opção de vida é discurso meramente moralista…E falso. Com alguem se lembrou em algum momento por aqui, ela nada mais fez do que seguir o que diz a cartilha. Para aquelas que se deram bem, seguindo a mesma cartilha, aplausos…E Levemos nossas filhas ao seu programa, compremos seus discos , brinquedos e roupas ” Ilari Ilariê “…
    Agora para aquelas que seguem a cartilha e se dão mal, como Elisa, é pau?
    Gravidez deixou de ser responsabilidade exclusiva da mulher faz tempo….E agora com os testes de DNA, filhos também ora…
    Acho que todo o discurso moral que a imprensa em geral está pregando, pode servir para que façamos em nossas casas , com nossos filhos, filhas em particular, mas culpar a vitima por tudo e sequer olhar para o homicida, entregando este ao Estado….
    Eu heim?
    Legitimar um ato criminoso enfocando a conduta da vitima é inaceitável.
    Parece a policia sugerindo que peçamos a nossos vizinhos para olhar nossa casa enquanto viajamos…
    Chame o Ladrão!!!!

    • Daniel Says:

      Eu só queria saber, mesmo, quem disse que “para as que se deram bem, aplausos”. Não lí ninguém dizê-lo ou insinuá-lo por aqui. Deve ter algum comentário que não está aparecendo no meu ecrã.

      Cicarelli, Luciana Gimenez, Isabella Bittencourt e tantas outras são golpistas que se deram bem. Eliza é uma golpista que se deu mal. Ponto final, cabô.

      E mais uma vez, não ví ninguém “Legitimando um ato criminoso enfocando a conduta da vitima”. O enfoque na conduta da Luiza é porque, como muito bem explanou o Anarco, sobre a conduta do Bruno já não há mais espaço para discussões. Ele é criminoso, assassinou com requintes de crueldade, vai justamente ser condenado e ficar um bom tempo na cadeia.

      Já a ação da Luiza (golpe da barriga) ainda não é criminalizada e tem um tantão de gente que acha até bonita então é logicamente sobre esta ação que pairam as discussões, os debates que podem desenvolver novas idéias que sejam menos tacanhas do que “coitadinha da golpista “pobre” (quem diz que a menina em foco era pobre não sabe bem o que é pobreza) que deu um golpe no ótário errado” e que podem inclusive ajudar promover um futuro mais equanime, em que por mudanças no imaginário coletivo e na estrutura da Justiça estes golpes sejam menos comuns e, por conseguinte, estes assassinatos também.

      ==================================

      Agora, imagine só como seria um debate sobre a conduta do Bruno: Fábio: “Bruno é um pilantra.” Eu:”Assassino!” Anarco : “Tomara que seja preso.” Grace: “E que fique um bom tempo na cadeia” Você : “Concordo.”.

      Legal, né? 🙂

      • Robson Says:

        Golpe da barriga não existe. O que existe são pintos descontrolados!

      • Gueixa Says:

        Robson chega a ser infantil se falar em golpe de barriga nos dias de hoje, não acha?

      • Daniel Says:

        Por este raciocínio não existe golpe que seja execrável: golpes dependem quase que incondicionalmente do descontrole e da burrice de quem os sofre.

        Se fossemos isentar as marias chuteiras pelo golpe da barriga (já que burros foram os jogadores que não conseguiram se controlar ante a aparente vantagem de pegar uma gata) então temos que isentar também os vendedores de imóveis com documentação fria, os vendedores de bilhetes premiados… toda espécie de conto-do-vigário depende de que a vítima seja burra e não tenha limites e isto não costuma isentar o golpista de culpa.

      • Fabio Hernandez Says:

        daniel: uma outra vaia de vuvuzelas. ridículo vc colocar os jogadores no papel de coitadinhos e vítimas de mulheres. gaste sua pena com quem merece.

      • Gueixa Says:

        Daniel, voce conhece “camisinha”?

      • R. M. Gonçalves Says:

        Usar camisinha, gozar fora, e não “se meter” em qualquer buraco. Resultado: ausência de filhos indesejados.

        Golpe não é motivo pra assassinato. Este último anula totalmente o primeiro.

      • Fabio Hernandez Says:

        ela não deu golpe nenhum, robson. ela foi as-sas-si-na-da. apenas saiu com o mané e o débil mental conseguiu colocar uma camisinha que estourou.

      • Fabio Hernandez Says:

        daniel: uma vaia de vuvuzelas para vc, sopradas por aqueles negões da áfrica do sul …

      • Karina Says:

        ih, gente, vcs perderam a cartilha que foi divulgada aqui ontem de formas que há para se aplicar o golpe da barriga. Não estou usando de ironia, não, é sério rsrs

      • Anarcoplayba Says:

        Teté, quantos anticoncepcionais existem pra mulher? De cabeça: DIU, Diafragma, pílula, pílula do dia seguinte injeção e camisinha feminina.

        Pro homem: Camisinha.

        Uma mulher consegue fazer uma camisinha estourar. Um homem nunca vai saber se a mulher toma pílula.

        Meu, de boa, se vocês acham que mulher e homem é tudo igual, vamos abolir a licença maternidade!

        Ah não… AÍ é “diferente”!

        E a p´roxima que vier me falar que “a responsabilidade é igual” espero que nunca venha me falar de TPM. Muito cômodo pregar a igualdade e depois exigir compreensão.

      • Fabio Hernandez Says:

        vasectomia, caraca.

      • Anarcoplayba Says:

        @ Gueixa.: “Daniel, voce conhece “camisinha”?”

        Aquele troço fácil de rasgar, que só precisa de um pouquinho de óleo? Ou aquele troço que, depois do DNA da Gimenez o Mick Jagger só deu uma declaração: “É meu filho e eu assumirei. Mas quero deixar uma coisa clara: eu usei camisinha.”

      • Gueixa Says:

        Anarco, não acho que mulher e homem é tudo igual. Eu disse que a responsabilidade da gravidez deixou de ser exclusivamente da mulher faz tempo assim como a responsabilidade dos filhos.
        Quanto à discussão que se trava aqui, eu acho que a Elisa já foi punida. Com a pena capital.
        E quando se fica discutindo a conduta dela, à meu julgamento, está-se legitimando o crime cometido por tres homens. Tres Anarco…
        E eu me recuso a legitimar isso. É só isso.
        Ela saiu de cena e quem tirou Elisa de cena foi o Bruno e seus comparsas.
        Quanto à licença maternidade, basta que os homens fiquem grávidos, engordem, fiquem assim meio deformados, depois deem à luz, amamentem…enfim…

      • Anarcoplayba Says:

        Gueixa, vamos lá:

        1) Ela não foi castigada por isso. Ela foi assassinada. VOCÊ está caindo no sofisma do FH de que julgar os atos dela é justificar o assassinato.

        Gueixa, por favor, larga isso, pensa fora da caixa: estamos falando de duas situações isoladas:

        a) Um assassino que mandou matar e jogar para os cachorros.

        b) uma maria chuteira que aplicou o golpe da barriga.

        “a” não justifica “b” e “b” não justifica “a”.

        Caramba, é tão difícil assim aceitar que ambos são seres humanos que envergonham a classe?

        E, no caso, a classe dos homens com o Bruno, a classe das mulheres com a Eliza, o Brasil que tem o Jogador de Futebol e a Maria Chuteira como ídolos, e a raça humana como um todo?

        Será que é difícil olhar pra todos os lados da questão assim? A gente PRECISA MESMO idolatrar a Elisa, e falar que a história dela é “triste” e “comovente” pra condenar o Bruno?

        Nós não temos capacidade de separar as coisas?

      • Fabio Hernandez Says:

        anarco, não tem sentido o que vc está falando. nenhum.
        como dizer que ela aplicou o golpe da barriga se ele usou preservativo?
        nem o advogado de defesa — que vai tentar pintar um quadro dela parecido com o que vc (SEM CONHECER NADA DELA) está pintando, com pseudorracionalidade — vai partir para um argumento nonsense desses.

      • Anarcoplayba Says:

        Não tinha terminado o comentário. Gueixa, vamos lá, binário: Ou homens e mulheres são iguais ou não. Pra mim não são.

        A pergunta é: comparativamente, quem tem mais poder sobre a fertilidade hoje? Mulheres. Ponto.

        Se elas têm mais poder, deveriam ter mais responsabilidade, não? Ainda mais sabendo que elas que vão “ficar deformadas, amamentar, etc.”

      • Fabio Hernandez Says:

        vasectomia, anarco. se o cara tinha horror de engravidar mulher a ponto de fazer o que fez, bastava uma simples, banal, eficaz vasectomia. até nisso o cara foi um débil mental.

      • Gueixa Says:

        Mas eu não idolatro a Elisa…Ao contrário já disse lá atras que o sujeito se envolve com algúem como ela e depois se aborrece e decide acabar com a vida dela…Ora ele que se mate…Só isso…

      • Fabio Hernandez Says:

        gueixa, vuuuuuuu pra vc. que arrogância escrever ‘alguém como ela’, um senso de superioridade absolutamente ridículo.

      • Gueixa Says:

        Voce tem toda razão Fabio. Fui arrogante mesmo. E me penitencio por isso.

      • Fabio Hernandez Says:

        boa, gueixa.

    • Gueixa Says:

      O poder que elas tem a mais é o de interromper a gravidez ou não…isso é fato…
      Mas….como vc mesmo disse e eu concordo, Marias Chuteiras são o que
      são…E eles, os calçadores das chuteiras gostam é desse tipo de mulher…
      Eu acho que eles se completam…rsrsrsrs
      Mas não aceito o sujeito se envolver com esse tipo de pessoas e depois se aborrecer por isso…
      e ele não só se aborreceu,,,,ele matou a Elisa…e jogou o corpo dela aos cachorros …Ora…Ele que se matasse por ter se envolvido com quem não devia …
      Mas vc há de convir Anarco, que a midia como um todo condena a Elisa e meio que justifica o que ele fez e é isso o que me aborrece. essa legitimação dada ao que o bruno fez….

      • Anarcoplayba Says:

        Eu concordaria que a Mídia a condena se não tivesse acordado de manhã e visto minha mãe chocada com a cobertura que a Ana Maria Braga estava dando pro caso, conversando com um psiquiatra especializado em psicopatas.

        Não estavam falando dela, estavam falando dele. Do jeito que tem que ser falado.

        O fato é que acharam a nova Isabela Nardoni e pultaqueolpariu: De novo! Agora a gente vai passar uns três meses, vão aparecer uns dois casos semelhantes e vamos todos ficar falando de como foi um crime bárbaro e chocou a sociedade.

        De novo.

  15. Gueixa Says:

    Não Daniel. legal é ficar falando óbvio! Que jogador de futebol gosta de Maria Chuteiras e que elas estão ali para dar o golpe neles…e que eles devem se dar bem e caso elas se rebelem eles podem vir a matá-las e, caso isso ocorra, depois o Estado que se vire com eles! Às nossas custas é claro.
    Sem esquecer de jogar os pedaços do corpo da Maria Chuteira para os cachorros…
    É isso! Isso é que é o legal!

    • Karina Says:

      pois é, Gueixa… frequentemente, casos de “esperteza” nada mais são do que o fim de uma troca de interesses que enquanto durou foi conveniente para os dois e que qd acabou um lado saiu melhor do que entrou. E o lado que saiu melhor seja lá pelo motivo que for é logo taxado de golpista.

      Ser esperto não é algo negativo. Ser golpista, é. Sem conhecer as pessoas envolvidas nem as circunstâncias, acho incrível que tanta gente consiga afirmar com tanta veemência que fulano ou beltrano aplicaram golpes.

      Falo isso com relação a muuuuuitos casos, não só este.

      E o que se ganha com esse ti ti ti no final das contas? nada. absolutamente, nada.

      • Gueixa Says:

        Ai Karina, voce disse ontem que se estressou aqui…É estressante mesmo.

      • Fabio Hernandez Says:

        estressante foi o que a eliza passou, gueixa. se liga, mané

      • Fabio Hernandez Says:

        se os culpados forem exemplarmente punidos e a sociedade mostrar claramente repulsa a essa monstruosidade — sem ressalvas — o país ganha muito, karina. outros brunos pensarão muito antes de acreditar que sairão impunes como esse frangueiro assassino.

      • Karina Says:

        então vc não entendeu o que eu disse, Fabio Hernandez.

      • Fabio Hernandez Says:

        karina: vuuuuuuuuu

      • Gueixa Says:

        Fabio quero tirar o foco de Elisa….ajuda gente!!!!!!

      • Anarcoplayba Says:

        Pois é… e o cara que come e não liga no dia seguinte é o que? Vai falar que ele é tratado com a mesma complacência de “não sei o que ele está passando”?

        Pode falar o que quiser: NÃO É.

        Pessoas julgam o tempo todo, isso porque julgamento é a razão atuando no mundo. Se vocÊ não julga, ou você não tem razão, ou não olha pro mundo, ou se omite.

  16. Gueixa Says:

    cartilha pra se dar o golpe da barriga? Quem escreveu?

    • Karina Says:

      “se a mulher quiser engravidar a camisinha não é um método contraceptivo tão válido, ela sempre tem meios de boicotar a camisinha ou forçando o rompimento (tipo, dando mordidas durante o blowjob) ou pedindo pra jorrar na cara e depois passando a mão no líquido e introduzindo lá ou até indo até a lixeira e despejando o líquido dentro (disto eu inclusive já ouvi falar)”

      • Karina Says:

        a da mordida achei a melhor, mas imaginei se o cara teria condições de ter filho depois do estrago rsrsrs

        hj estou com os anticorpos ativos, viu, Gueixa. dá até para rir.

      • Gueixa Says:

        KKKKKK
        Só rindo mesmo…
        E aí o sujeito se mete com alguém dessa estirpe e depois resolve colocar fim à vida dela…Ele é que tem qie se matar!

      • Fabio Hernandez Says:

        ah … esse é um bom ponto: ele poderia se matar. era mais fácil, mais honesto, mais simples.

      • Daniel Says:

        Iiihhhhh Karina , esqueceu de citar o caso do Tim Maia contado pelo Anarco sobre a gozada fora (método contraceptivo masculino mais usado antigamente) que foi levada pra dentro… Mas, éééééé, todo mundo sabe que Tim Maia era um drogado, não se pode confiar em drogados…

      • Karina Says:

        Daniel, como eu poderia esquecer?! esqueci nada. sua cartilha abrange esse caso tb. a diferença está só no alvo do esperma, mas o método taí.

      • Daniel Says:

        teste

      • Daniel Says:

        Ahnnn, tendi, só os comentários com link são bloqueados, por isso que os anteriores não foram. Então faz o seguinte Karina, já que você achou minha “cartilha” estúpida dá uma jogada em frases como “furei a camisinha” e “camisinha na lixeira” e veja quantos relatos de mulheres que não a acham tão ridícula (minha “cartilha”) assim.

        Ou então espera pra ver se os comentários onde postei perguntas em sites do tipo “Jairo Bauer” como “furei a camisinha com uma agulha enquanto meu namorado foi dar a gorjeta, posso estar grávida?” vão ser liberados.

        Talvez você não ache mais minha “cartilha” tão estúpida.

      • Karina Says:

        ãhn?? achei o quê???

        leia, releia e torne a ler, ok? aproveita e dá uma olhada lá em cima onde eu digo que n me referi à sua cartilha com ironia.

      • Karina Says:

        seguinte, Daniel:

        qd li essa sua msg “teste” logo abaixo da minha, pensei: “teste o q? esse indivíduo está dizendo para eu testar a cartilha?”

        esperei. considerei que poderia ser exatamente o que é. esperei mais. e veio aí sua msg, agora sim, direcionada a mim.

        vc n me conhece, eu n te conheço. pensei que poderia estar querendo dizer uma coisa, aguardei. sabe pq? pq nossos julgamentos se enganam. como vc acabou de se enganar a respeito da minha intenção sobre o que eu disse.

    • Daniel Says:

      Pois bem, Karina, então minha “cartilha” sobre como dar o golpe da barriga mesmo que o otário use camisinha lhe pareceu ridícula?

      Pois parece existir bastante gente que não acha tão ridícula assim, nada que uma pesquisinha rápida no Google não faça aparecer, leia algumas perguntas feitas por mulheres em sites do tipo “tire suas dúvidas sobre sexo” aí pela WEB e reveja sua avaliação sobre o trecho que você chamou jocosamente de “cartilha”. Talvez não lhe soe mais tão ridículo.

      http://useprudence.com.br/jairo/se-pegar-o-esperma-da-camisinha-logo-apos-transar-e-inserir-na-vagina-com-seringa-pode-engravidar/

      http://cliquesaude.com.br/posso-estar-gravida-quanto-tempo-dura-o-esperma-fora-do-corpo-702.htm

      http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20100506160751AAkyWy7

      http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20090601103802AAbXX8b

      http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080629104326AAXsifJ

      http://www.pergunte.info/questao/gostaria-de-saber-se-retirando-o-esperma-da-camisinha-e-injetando-na-vagina-posso-engravidar-tambem-

      (a mensagem de teste anterior é porque meus comentários tinham passado a ser bloqueados)

  17. Filippo Contini Says:

    Pessoal, vamos deixar de perifrasear. Quanta animosidade… vejam que conto bárbaro:
    http://rmgoncalves.wordpress.com/2010/07/04/diferencas/

  18. Graça Says:

    Sinceramente: o titulo “A Tragedia da Maria Chuteira” ja e preconceituoso, pois rotula um grupo de mulheres. Nao querer que a discussao gire tambem em torno dela, seria no minimo anti-democratico.

    Acho mais do que natural os dois lados serem abordados: Bruno (assassino) e Eliza (assassinada). Existe um contexto, um historico que culminou com um brutal assassinato. Nao conhecemos este historico, portanto o que estamos fazendo aqui e inutil.

    Seria mais util e menos estressante se fosse abordado o papel do Estado na proteçao do cidadao. Mais especificamente, quando uma mulher que sofre agressao procura por ajuda. Mesmo assim, o que temos e apenas um video, nao sabemos realmente quais orientaçoes a Eliza recebeu do Estado e da advogada.

    Tudo aqui e julgamento !!

    Concordo com as meninas…e estressante !!

    • Fabio Hernandez Says:

      graça: vuuuuuuuuuuuuu!

    • Anarcoplayba Says:

      Beleza, vamos discutir os casos então:

      O Bruno é um assassino. Mandou matar a Eliza por motivo torpe, ocultou o cadáver e vai tomar por baixo umas 3 qualificadoras. Pelo que eu imagino, acho que vai pegar uns 19 anos de prisão. Talvez mais.

      A Eliza é uma Maria Chuteira. Classe mais nojenta de mulher que existe nesse país, pois enquanto a maioria se dedica a desenvolver uma atividade útil à humanidade, ela se consola em 1) ser uma gostosa e com isso ganhar benefícios econômicos indiretos e 2) cavar uma pensão vitalícia.

      Pronto? Era isso que você queria?

  19. Eduardo N. Says:

    Está certo Fábio… Mas não foi você quem disse que princípios só servem para ser jogados fora e nada mais?

  20. Daniel Says:

    Ahhh, Karina, minha “cartilha” sobre como dar o golpe da barriga mesmo que o otário use camisinha lhe pareceu ridícula?

    Pois parece existir bastante gente que não acha tão ridícula assim, leia algumas perguntas feitas por mulheres em sites do tipo “tire suas dúvidas sobre sexo” aí pela WEB e reveja sua avaliação sobre o trecho que você chamou jocosamente de “cartilha”. Talvez não lhe soe mais tão ridículo.

    http://useprudence.com.br/jairo/se-pegar-o-esperma-da-camisinha-logo-apos-transar-e-inserir-na-vagina-com-seringa-pode-engravidar/

    http://cliquesaude.com.br/posso-estar-gravida-quanto-tempo-dura-o-esperma-fora-do-corpo-702.html

    http://www.pergunte.info/questao/gostaria-de-saber-se-retirando-o-esperma-da-camisinha-e-injetando-na-vagina-posso-engravidar-tambem-

  21. Anarcoplayba Says:

    Esqueci de perguntar: RIP é acrônimo pra Rest in Pieces?

  22. Haha Says:

    AGORA TODOS NÓS SOMOS OBRIGADOS A TER PENA DE GOLPISTAS… é pra matar mesmo…

    Interessante, deve ser muito fácil ser investigador ou delegado… nem precisa de cérebro! O Bruno deve ter recebido ameaça é da propria esposa… já pensou: ela se divorcia, leva metade dos bens… aew vem a golpista da barriga e leva tbm uma fatia da pensão bolsas-sapatos-roupas-de-grife-e-o-que-sobrar-talvez-irá-ser-alimentícia…
    Como esses jogadores de futebol são tudo marginais acéfalos de favela, a solução mais inteligente pra ele foi se livrar de um dos “problemas”

    Eu deveria sentir pena? Da morte cruel sim, mas ver o Brasil só faltando canonizar a prostituta aí é palhaçada… E o mais incrivel foi ver o pai na TV quase dizendo que apoiava o estilo de vida dela… Brasil… vergonha!

    • Anarcoplayba Says:

      Olha, Haha, dado o histórico familiar dela, eu acho que o pai foi sim um grande incentivador.

      Diria mais: diria que ele foi o primeiro a ajudá-la na vida profissional.

  23. Gueixa Says:

    Ué????Mas o que ela fazia, não é nada ilegal…
    Quanto ao Bruno, ele praticou um crime e está recebendo apoio, velado -e verdade, mas da grande maioria…
    A gente pára, deixem a Elisa em paz…
    Coisa mais feia ficar atacando quem não pode mais se defender…

  24. Maria Eduarda Says:

    Que crime? Onde está o corpo da vítima? Cadê a morte? Falar, é fácil. Vocês estão julgado com base em palavras. Nada mais. Não existem provas.

  25. Sem paciência nenhuma para “mimimi” « Alexandre Thomaz – § Spirit § Says:

    […] elize” e querendo fazer sensacionalismo com o nome da menina morta. Duvida? se isso, isso, isso e tantos outros textos que esse (na falta de adjetivo melhor) bobo e ingênuo senhor escreveu não […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: