Flower Power


Pode-se acusar o presidente da África do Sul, Jacob, de muita coisa. Menos de não ter bons resultados com mulheres.

Por isso merece atenção refletida a recomendação que ele fez a jovens sul-africanos no capítulo das relações amorosas. Zuma lembrou o valor de uma rosa, tão desprezada em dias cibernéticos como os que vivemos, em que os homens enviam emails em vez de flores para as mulheres.

Zuma disse que, dada a rosa, a mulher entende perfeitamente a mensagem. Uma rosa é capaz de derreter um iceberg que nem aquele em que Di Caprio afundou depois de, num instante de ilusão, imaginar que era o senhor do universo. Di Caprio, se me lembro, deu uma rosa a Kate Winslet no processo de finalizá-la.

Embora, neste caso específico, talvez não fosse necessário, tamanho o tédio que toda mulher a bordo sente depois dos pulinhos típicos dos primeiros vinte minutos.

12 Respostas to “Flower Power”

  1. Karina Says:

    Mas o cartão é sempre mais importante que as rosas ; )

    • Rafa Says:

      o cartão de negócios?

      • Karina Says:

        hum… na verdade, não.

        mas se pensou nisso talvez seja só o que vc tenha a oferecer a uma mulher, né, Rafa? ou nem isso.

    • Guilherme Says:

      E como é importante o cartão!

      As Rosas são belas mas elas tem o seu período de vida bem reduzido. O cartão é “eterno”. Tanto é que as mulheres (a maioria) guardam os cartões que vem junto com as flores. Esses são os “restos mortais” de relacionamentos anteriores, amizades extintas, e etc….

      • Fabio Hernandez Says:

        o cartão mais sincero que vi na minha vida dizia o seguinte, gui: e agora, quando vc vai me dar, belezura?

        foi certeiro. as rosas ainda estavam lindas quando ela deu.

  2. Ryalla Says:

    Bem dizem que quem possue o conhecimento tem o poder… A linguagem das flores! Uma para cada situação… só basta conhecer!

    – A D O R O –

  3. Ryalla Says:

    *possuI

  4. Cris Alberto Says:

    “Di Caprio, se me lembro, deu uma rosa a Kate Winslet NO PROCESSO DE FINALIZÁ-LA.” rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Ah, Fábio… esse seu romantismo é o que me faz vir aqui TODOS os dias ler o seus textos. rsrsrsrsrsrsrsrsrs A-M-O!!!!!!!!!

    “No processo de finalizá-la” – ótimo!!!

    Mas e uma mulher, o que uma mulher faz (ou deve fazer) para um homem no processo de finalizá-lo? Alguém se habilita a dar uma dica?

    • Graça Says:

      Cris, que tal uma “gelada” estrategica…costuma ser muito eficiente…rsrsrs…

    • Petite Poupée Says:

      É fácil Cris:

      Olhar, ajoelhar e vencer!

    • Mariana Meirelles Says:

      Cris, acho que o processo de finalização perfeito é: sair, tomar uma gelada, depois, já no clima, usar uma burca, olhar, ajoelhar e VENCER!!!! rsrsrsrs

      Sai que é tua Taffarel! xiiii Taffarel era de outra copa, né?! 😉 e o grito, era do Galvão?! xiiiii bom, já não tá mais aqui quem falou kkkk

      Bjs.

  5. Petite Poupée Says:

    Fábio, o único poder das rosas é que elas exalam…
    Gosto de rosas, não das vermelhas e sim das amarelas! Agora… Di Caprio só precisou estender a mão e dar um meio sorriso pr’aquela tolinha entender tudo…mas era o Di Caprio, Fábio…Di Caprio é covardia…

    Tem uma outra coisa: o problema da empolgação inicial não é o tédio que se instaura logo depois dos típicos pulinhos dos primeiros vinte minutos, o problema é um certo “glamour” do tédio e sua pompa pseudointeligente. Cara, tédio é pura maldição!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: