A mulher prefere ser vista ou ouvida?


Obra de Mel Ramos, um dos grandes da Pop Art

A VIBRANTE DISCUSSÃO travada neste blogue, no texto anterior, me levou a abrir um fórum. Citei uma personagem de Milan Kundera, uma mulher que, habituada a ser admirada e objeto de assovios para onde quer que transportasse sua graça petulante de fêmea, entra em desespero quando os homens na rua, antes tão fascinados, ficam indiferentes a ela.

Tio Fabio, falecido homem sábio do interior, dizia que o poema mais sublime escrito pelo poeta mais inspirado não se compara, como homenagem, a um simples ‘gostosa’ que chega repentina e espontaneamente ao ouvido enfeitado por um brinco de uma mulher numa caminhada urbana, rural ou até aquática.

A eletrizante questão que emergiu do debate: a mulher prefere ser vista ou ouvida? Admirada pela beleza interior, como a pintora mexicana Frida Kahlo, lá para baixo num auto-retrato, ou, como a mulher desta da obra de Mel Ramos, um gênio de quem tenho um livro da Taschen com seu traço soberbo, pela beleza exterior?

O ideal é uma terceira alternativa. Já estou ouvindo gritos de mulheres dizendo: “Fabio, queremos ser reconhecidas interior e exteriormente.’ Eu também, se isso consola. Mas o mundo, infelizmente, não é perfeito.

Importante: beleza interior captura muitos homens. Com seu bigode e sobrancelha de Monteiro Lobato, Frida conquistou alguns dos homens mas interessantes de sua época, como Rivera, o muralista revolucionário, e Trótski, o chefe comunista que perdeu a disputa pelo poder para Stálin e foi parar no México, onde foi assassinado a mando dele, Stálin.

Posto isso, o que diz mais para uma mulher: admirarem suas frases espirituosas ou suas curvas de fazer bispo olhar para trás e chutar poste? Ou isto ou aquilo, para lembrar um poema sábio e simples de Cecília Meireles.

Eis o poema:

Ou se tem chuva e não se tem sol,
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo nos dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo…
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo

Bem, estou aqui na arquibancada, com a camisa do Corinthians, pronto para ver o espetáculo imperdível das discussões entre fêmeas opiniáticas, dispersivas, surpreendentes, variadas — e brilhantes.

Ou isto ou aquilo?

Etiquetas: , ,

45 Respostas to “A mulher prefere ser vista ou ouvida?”

  1. Renato Nunes Says:

    Acho q a maioria das mulheres estão se preocupando mais com o exterior, do que com, interior. Com esse mercado louco da cirurgia plástica, mulheres indo ao extremo para se ter o corpo perfeito, sem falar de regimes milagrosos, acabam esquecendo do seu intelecto. O correto seriam os 2, corpo e alma em uma boa sintonia…

    • Fabio Hernandez Says:

      Putz, Renato, vc não quer mais nada? Lindas por dentro e por fola e fazendo fila na frente da sua casa?
      Olha. deixa eu contar uma história. Um filósofo inglês, Bertrand Russel, uma vez ouviu de uma mulher belíssima a seguinte idéia: que tal termos um filho? Vai ter sua inteligência e minha beleza.
      O filósofo: e se der o contrário?

  2. Gisele Says:

    Depende. Mulheres como seres dinâmicos, preferem que tudo aconteça ao mesmo tempo. Ser olhada pela beleza interior faz com que a exterior reproduza o que os seus ouvidos ouvem. Por outro lado, o que é visto de sua beleza exterior, faz com que o interior passeie por instâncias inimagináveis …..mas sempre com o que ouve e não com que vê!
    falemos da beleza, e não apenas ficar a contemplá-la!
    A alma é que dá beleza à forma!

  3. Vanessa Says:

    Bom, vamos ao meu mero e pobre comentário….

    Que jogue a 1° pedra a mulher que não gosta de ser desejada vai??? se sentir linda e maravilhosa e pronta para arrasar??

    é claro q tb gostamos de ser ouvidas, mostrar nossa beleza interior tb do que ainda por fora bela viola e por dentro pão bolorento!!!!

    bjs Fabito.

    • Fabio Hernandez Says:

      Desejada espiritualmente, para elevadas conversas, ou sexualmente, para maratonas carnais absurdas, Vanessa?
      Fiquei com essa dúvida.

  4. Silvia Says:

    A cirurgia plastica esta transformando as pessoas. Quando o ser humano entender que cada um é único, então talvez deixem de querer ter o boca de fulano, o bumbum de beltrano e assim por diante.

    Podemo e, em alguns casos devemos, corrigir o que nao esta bom. Mas nao podemos nos transformar, já imaginou todo mundo vai acabar parecido…Vivam as diferenças, viva a beleza natural.

    A grande sacada é saber valorizar o que cada um tem…e todos temos o que valorizar.

    Mas é preciso crescer espiritualmente, pois um corpo sem espirito pra pouca coisa serve. Quero crer que o ser humano começa a perceber a necessidade de alimentar seu espirito tambem.

    Viver é buscar equilibrio.

    • Fabio Hernandez Says:

      Ouvi falar que a plástica que está na moda se chama labioplastia, e é feita na vagina por mulheres desconfortáveis com a sua. já ouviram essa?

    • Fabio Hernandez Says:

      Mas Sílvia: suponha que o gênio da lampada dissesse a vc. Escolha entre ser bonita e burra ou feia e inteligente. O que vc responderia?

  5. Karina Says:

    No que diz respeito à beleza exterior… Tem gosto pra tudo. E pra beleza interior também. Portanto, qualquer mulher que se goste vai saber sorrir orgulhosa ao ouvir um “gostosa” na rua do mesmo jeito que vai enternecer-se até as lágrimas ao ser admirada pelo que pensa e sente.

    O grande desafio é achar um parceiro que a enxergue por inteiro… Por todos os deliciosos e tortuosos lados.

    Aodrei a ideia do debate.

    • Fabio Hernandez Says:

      Como agradar a todos se sequer consigo agradar a duas Karinas? Levei um susto, Karina detonou este debate, Karina aplaudiu. Pensei que fosse TPM e tava dando um desconto, até perceber que são duas!

  6. Camila Says:

    Como seres humanos, sempre queremos tudo e queremos mais, queremos beleza, inteligência, carisma. Tanto homens e mulheres querem ser bonitos, agradáveis, sedutores seja pela aparência, por uma conversa, por uma atitude. Mas quando se trata de relacionamentos, não há regra. Podemos nos encantar com um feioso gentil, com um bonitão tapado, um bom de papo, mas arrogante… Enfim podemos nos encantar com um “defeito” que se torna um charme. Na química dos sentimentos, tudo depende da situação. Mas eu sinceramente prefiro primeiro ser ouvida e depois ser vista. Agora Fabio, camisa do Corinthians? Que diria?

  7. Karina Says:

    O post anterior estava muito mais simples, Fabio Hernandez. Para responder a este, as ideias já estão bringando na minha cuca.

    E não, não era TPM. Nem sofro de TPM, sou doce como uma ambrosia. É que outro dia li essa mesma discussão a respeito de cantadas em outro lugar e me abstive de comentar. Daí qd se tocou no assunto aqui abri a represa. Deu no que deu rsrs

    Mantenho firme e forte minha opinião: não gosto de passar pela rua e ouvir comentários. Sejam grosseiros ou delicados, n gosto. Tb já dei risadinhas, pq alguns são impagáveis, já agradeci e tudo. Qd são coisinhas simpáticas, n poso de antipática. Mas. Mas isso n me faz mudar de ideia. Meu ouvido n é penico para ser obrigada a ouvir as gracinhas só pq os caras n se contentam em simplesmente olhar. E o repertório chega a um tal nível que contando vc nem acredita. Aff!!

    Como dos milhares de pessoas que cruzarão a minha vida apenas algumas dezenas poderão e vão querer conhecer o que eu penso, sinto, vivo… reservo para essas minhas ideias. Se os outros quiserem se afogar em uma imagem, que fiquem à vontade nesse jogo das vaidades de que ninguém está livre, nem eu.
    Ser vista é bom para o ego num primeiro momento, mas o que realmente me envaidece é ser admirada. E admiração vai muito além da beleza.
    Não escolho entre o isto ou o aquilo. Meu isto pesa mais de um lado e meu aquilo de outro. Inevitável, sorry.

    • Fabio Hernandez Says:

      Então, para eu entender, Karina: qual o tipo, concretamente, que agrada a vc a ponto de agradecer e qual a tira do sério? Isso vai enriquecer o debate. O clássico “gostosa!” imagino que incomode, é isso?

      • Karina Says:

        É isso.

        “Gostosa” eu quero ouvir do homem que está comigo, n de um zé fulano que nunca vi na vida, a quem n dei essa liberdade. Entende a diferença, hum? É agressivo, invasivo, sei lá. É até bobo tentar explicar uma coisa que pra mim é tão clara.
        O que me faz ensaiar um agradecimento é aquele quase sussurro do cara que está passando. E como vc já deduziu, nada que seja da tríade gostosa, deliciosa, saborosa ou esses osas todos que me fazem sentir um prato de arroz e feijão. Terrível.
        Sabe o que é risada na certa? aplausos. Não tem como n rir. É divertido, leve. Nada que se pareça com uma torcida organizada, por favor. Mas essa é uma modalidade mais rara rsrsrs
        Estou aqui me sentindo a miss mundo elencando um repertório, meudeus. Mas aí vem a realidade dos fatos: homem é que é volúvel e se encanta por qq rabo de saia mesmo, fazer o quê.

      • Fabio Hernandez Says:

        ah, então ‘gostosa’ é bom e ruim ao mesmo tempo, K1. entendi, mas não compreendi.
        agora, aplausos achei legal. seus comentários muitas vezes são aplaudidos interiormente por mim.

      • Re Says:

        ai ai Fabinhoooo!

        gostosa é bom e ruim sim!
        adoramos ser gostosas, mas não lembradas disso em praça publica ao berros ou uma cantada entre um monte de gente sem o minimo de discrição.. entende.

        Se fosse uma piscada, uma mordida de lábio, um sussurro.. algo do tipo, mais secreto, seria melhor atendido.

      • Fabio Hernandez Says:

        um ‘gostosa!’ tão discreto que ninguém ouça, nem a própria gostosa, é isso o elogio perfeito, Re?

  8. Nicky-san Says:

    Vou desviar um pouco do assunto, Fabinho…

    Não lembro onde ouvi, mas não saiu da minha cabeça:
    “Quando uma mulher fala, primeiro as pessoas olham, escutam se gostarem.
    Quando um homem dala, primeiro as pessoas escutam, olham se gostarem.”

    Às vezes eu acho que um cara é bonito e as minhas amigas dizem “Onde ele é bonito!?”

    Acontece que a coisa da beleza é bemmm relativa.
    Não vou negar que meu olho brilha um pouquinho quando vejo o Colin Farrell em Miami Vice. Mas e aí…?
    Ele vai ficar velho, vai despencar e vai perder a graça.

    Meu avô, por outro lado, com 88 anos consegue ser o homem mais lindo do mundo sem perder a graça.

    Um cara é “bonito” por tudo que ele representa. As coisas que faz, que diz, o quanto é divertido, quanto conversa comigo, quanto me abraça…

    Acho que a convivência e o tempo tornam as pessoas mais bonitas.

    Sobre escolher isto ou aquilo, acho que eu saberia conviver com ser ouvida. Afinal, para uma mulher, isso implica em ser vista primeiro…

    Não?

    Besos ~

    • Fabio Hernandez Says:

      Teu avô vi naquele vídeo e achei o maior barato. Lúcido, ativo, bem humorado. Um exemplo pra vcs todos da família.

  9. Vanessa Says:

    resposta: desejada sexualmente!….
    Fábio com vc é tudo ou nada não?? arrebenta nas respostas!
    bjs.

    • Fabio Hernandez Says:

      sabia antes de vc responder, vanessa. o triunfo da carne sobre a alma, do gemido ensurdecedor sobre o silêncio da mulher que só deseja jogar paciência.

  10. Alice Barros Says:

    Não seeeeeeeeei, não sei! kkkkkkkkkkk
    Fábio faz cada pergunta! Acho que prefiro ser ouvida, né?
    Geralmente as pessoas olham pra quem estão ouvindo. Então, uma coisa levaria a outra.

    Como eu trabalho em contato telefônico constante, quando encontro os clientes pessoalmente, geralmente eles elogiam ou comentam: “sua voz faz jus a sua beleza!!” – e eu sempre adoro ouvir isso! hahaha

    • Fabio Hernandez Says:

      clientes??? explica melhor, alice. agora, temo que o palavreado chulo do Cafa esteja nos contaminando, esse hahaha.

      • Alice Barros Says:

        kkkkkkk Calma Fábio, eu sou consultora e realizo pesquisas no interior do estado, então, o contato inicial com os clientes da consultoria inicialmente se dá por telefone, então explica-se…
        Nada de palavreado chulo do Cafa! O “hahaha” é herança do internetês! rsrsr
        Beeeeeeeeijo

      • Fabio Hernandez Says:

        hahaha

  11. Petit Poupée Says:

    Estou a horas tentando não cair na sua armadilha do isto ou aquilo, mas devo confessar: é difícil não tomar partido. O fato é que olho pra imagem da Frida ( e mesmo achando sua sobrancelha e seu bigode infames) e ela me fascina bem mais que a linda ninfetinha com seus gloriosos pelos pubianos à mostra. Mais que uma bela estampa, o que fica é a persona e isto, me parece, a mexicana tinha de sobra.Dispersei muito?

    • Fabio Hernandez Says:

      entendi, petit. vc preferia nascer frida e, assim que tivesse pesetas suficientes, se é que é essa mesma a moneda mexicana, ir ao salão de beleza tirar o bigode, fazer a sobrancelha e depilar os pêlos debaixo do braço. sabe o que vc viraria então? salma hayak.
      escuta. por que petit poupée? bonito, exótico, sensual, parece nome de cortesã de algum luís da frança, 14 ou 15.

  12. Mariana Says:

    A beleza desperta de imediato o interesse. Em contrapartida, se for bonita e burra, o interesse do homem vai sumindo.
    A feinha inteligente, se conseguir entreter o homem antes que ele fuja, há grandes chances de nascer um romance.
    Agora, minha opinião sobre tua pergunta: Ser admirada é uma delícia, mas pra mim, ser ouvida é o que me faz querer mais.

    • Fabio Hernandez Says:

      Tem uma questão interessante e ninguém ainda colocou: e se a feia é quente e a bonita fria no sexo, o homem prefere qual?

    • Nicky-san Says:

      Olha o que eu acabei de ler:
      “It is better to be beautiful than to be good, but it is better to be good than to be ugly.” Oscar Wilde.

      Poxa fabio, você nunca se contenta com o meio termo?
      rs

      Tenho certeza que os homens preferem a feia quente.
      Explico-me: Conheço muitos caras lá na faculdade que namoram meninas lindíssimas, mas vivem traindo-as. As “outras” nem são tão bonitas assim, mas segundo eles, são BOAS.

      Sei lá.
      Virtus in medium est, escolher entre extremos é super complicado.
      Você acaba com a gente desse jeito, rs.

      • Fabio Hernandez Says:

        “It is better to be beautiful than to be good, but it is better to be good than to be ugly.” Oscar Wilde
        Adoro essa frase.

      • Re Says:

        Devo concorda nesse caso…

        Tambem conheço pessoas que namoram, o casal é lindo, mas o cara sempre trai a garota…
        concluo que a menina não faz o que o namorado/marido/ macho… gostaria. Ou não é Boa.

        Sempre me pergunto na minha inocência se seria isso mesmo… mas acabo sempre me convencendo que sim.

  13. Nicky-san Says:

    Ps.: Peguei “A Insustentável Leveza do Ser” na biblioteca.
    Se o livro fosse meu, eu não me atreveria a ler com uma caneta na mão, ou sublinharia o livro inteiro!

    Muito, muito bom.
    (Thanks pela sugestão ;] )

    • Fabio Hernandez Says:

      o filme tb é muito legal, san-san. milos forman, tb tcheco, acho. vale a pena ver num dvd

      • Nicky-san Says:

        Hummmm… Sou meio chata com filme baseado em livro.

        Eu sei que são coisas diferentes, que não é pra ter expectativas, mas é inevitável se decepcionar um pouco, né!?

        Quando eu gosto do filme, vou atrás do livro…
        Mas quando leio o livro, não consigo ver o filme!

        Acho que sou louca oO

      • Fabio Hernandez Says:

        alguns filmes que desafiam essa regra: carrie a estranha, o iluminado, fim de caso e a insustentável leveza do ser. try it, kid.

  14. Petit Poupée Says:

    kkkkk hummm a intensidade da Frida e a beleza de Salma Hayek…UAU e não conseguiram( ou não quiseram) deixá-la feia no filme né…coisas de Hollywood.
    Sobre meu nick: vc só errou a época, acho que eu estou mais pro século 19 rss
    PS. Vc conhece a mulher da página 194?

  15. Felipe Says:

    Essa duvida: Se é o ‘interior’ ou ‘exterior’ que importa, só tem quem está procurando desesperadamente alguem pra ficar, amar, transar, etc.

    Quem já se encontrou no amor, com a parceira que lhe agrada aos olhos e ao coração…que importa o exterior ou o interior?

    A mídia não é o grande mal da humanidade, mas…sim o uso (Corrigindo: “MAL uso”) que o homem faz dela.

  16. taisanto Says:

    Oh dúvida cruel, ser gostosa e burra ou feia e inteligente? rsrsrs

    Bem, eu prefiro a segunda opção, sinceramente.
    Muito melhor aquelas mulheres que tem o que conversar do que aquelas que só servem pra outras coisas…rsrsrs

    A feia pode dar uma arrumada e ficar bonitinha, sem problemas…rsrsr

    Não são só as curvas que chamam a atenção, ou o tamanho da bunda…

    ; )

    Beijos Fabio, sou sua fã!!!

    T.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: