O homem dos sonhos pode também ser o homem dos pesadelos de uma mulher


obra de Roy Lichtenstein

VAMOS ORGANIZAR as coisas depois das entradas espetaculares e inesperadas da Senhorita O numa discussão empolgante que está sendo travada aqui entre nós desde a publicação do drama de um homem que, incapaz de se decidir entre duas mulheres, ficou com ambas, e se estrepou. Ele pediu socorro ao grupo. Percebi, no correr dos dias, uma certa confusão em todos, incluído eu mesmo, e vejo necessidade de clarear uma história complexa, dramática, quase comovente. Os envolvidos, ou pelo menos alguns deles, esperam de nós ajuda, e não há o que possamos fazer sem entender bem o caso. Me ocorreu, ao meditar na trama, que o homem dos sonhos de uma mulher pode muito bem ser também o homem dos pesadelos. Os personagens, por ordem de entrada:

1) Senhor RR, ou apenas R. Há poucos dias, encontro em minha caixa postal uma carta. O remetente criara um email fajuto para se ocultar e pedia conselho. Ele dizia que, na dúvida entre duas mulheres, uma da cidade grande em que ele fora trabalhar e a outra da terra onde nasceu,  ficara com ambas, e estava em apuros. A Senhorita T, da metrópole, a titular, teoricamente não sabia de nada. A Senhorita O, de outra, estava a par de tudo, e dera mais de uma bota em RR, para desespero do nosso malabarista amoroso. RR, num determinado instante, ficou sob a suspeita de, a pretexto de não querer magoar nenhuma das duas mulheres, desejar na verdade segurar as duas como garantia para a hipótese de perder uma. Não seria o primeiro caso, e nem o último. Houve, num espasmo, quem chamasse RR de CF, ou Cafa Camuflado, o falso bonzinho que pensa nele e nele só quando diz que está preocupado com a fome das crianças africanas. Cafa Camuflado é uma categoria difrente do CT, Cafa Total, do qual conhecemos bem um exemplar, aquele sujeito vulgar e arrogante que ‘finaliza’ e descarta, sem piedade e com alguns sorrisos cínicos.

2) Senhorita O, ou O. No relato do  Senhor RR, é uma fêmea perfeita para conversar, beijar e, desculpem, mas o convívio contamina, ‘finalizar’, mas talvez não para casar. Foi ela que sugeriu a ele que me procurasse. A Senhorita O era e é leitora do Homem Sincero, ao passo que RR tinha lembranças de mim, ou dizia ter, nos tempos da última página da VIP. RR disse que, no pós-coito, sentia uma certa culpa quando estava ao lado da Senhorita O, uma coisa que me pareceu tão confusa no relato original, visto ser ela a outra e não a titular, que errei e tive que corrigir no post anterior. Quando as coisas estavam mais ou menos calmas, a Senhorita O irrompeu com revelações extraordinárias, a maior das quais é que a Senhorita T, na verdade, sabia de tudo. Um quarto elemento, um namorado local que levara uma bota da Senhorita O, descobrira seu telefone e fizera questão, num rompante de raiva assissaina, de contar-lhe toda a trama sinistra.  Daqui por diante, o ex de O será tratado como Mr A, de Alucinado.

3) Senhorita T, ou T. Até as revelações de O, era a clássica namorada que acha que todas as ligações não atendidas pelo namorado no celular se devem a problemas tecnológicos provocados por algum funcionário negligente do Ministério das Telecomunicações. R parecia ter nela um porto seguro, mas tedioso como um discurso de deputados de cidade do interior. Mas eis que T ganha um novo vestido da trama, o da calculista que guarda na bolsa informações preciosas para usá-las no momento certo, ou jamais utilizá-las, talvez, se R se decidir por ela. Há um cinismo homicida na mulher que sabe-mas-finge-que-não, uma falsa resignação que termina muitas vezes em tiros nas costas e um sorriso malévolo enquanto se assopra o cano fumegante da arma.

4) Senhor A, ou A. É aquele tipo que, nada tendo mais a ganhar, quer que todos percam. Daí a designação de Alucinado. Não hesitou em levar sofrimento cruel à Senhorita T quando consuderou que com com um telefonema poderia atrapalhar a mulher que lhe dera uma bota e o homem pelo qual ela estivesse talvez apaixonada. Pouco se falou dele, mas O, a ex-namorada, não parece ter por ele muita admiração. R, com todos os defeitos, provavelmente parece a O maior que A, um pegou a estrada e foi ganhar a vida na cidade grande, e o outro se escondeu do mundo e passou a matar o tédio por meio de vinganças vis.

TENHO A IMPRESSÃO de que, agora, clareadas as circunstâncias, poderemos dar conselhos mais fundamentados aos que nos pedem aflitos. Aos debates, porque não há tempo a perder.

52 Respostas to “O homem dos sonhos pode também ser o homem dos pesadelos de uma mulher”

  1. Neyde Says:

    Meu alter ego,
    Sugiro vc ser o peguete da Senhorita O.Tendo em vista que ela sugeriu que o R fosse se “consultar” com vc e não com um analista …acho que aí tem…não é achismo…está tudo obvio.
    Ela quer VC!!! VC FABIO HERNANDEZ!!! R ainda não caiu na real?
    E VC também não percebeu seu interesse subliminar nesse triangulo?
    Quem sabe vcs se apaixonam… esse drama termina e começa outro?
    Bjs

    • Fabio Hernandez Says:

      Vc está desviando o debate, Alter. E causando.
      Não é um triângulo, mas um quadrado. Porque apareceu Mr A, totalmente alucinado.
      Antes de especular sobre novos dramas, vamos ajudar os qu vivem este, Alter.
      Imagine que vc estivesse no lugar de cada um deles. Mais um pouco. Ok. Volte a vc. O que vc gostaria de ter ouvido qdo esteve na pele de cada um deles?

  2. Alice Barros Says:

    Agoooora tudo muito claro e explicado. Vamos lá!
    O Mr. A desgraçou o resto da história!!! Que pessoa loucaaaa!!
    Agora não sei o que esperar de T uma vez que traída, enganada e informada por terceiros dessa condição patética e ridícula. Agora ela pode surgir como uma mulher decidida e que se ama muito e dar uma bota no R, ou ainda assumir a personalidade Amélia e perdoar essa fraqueza de R sendo “feliz para sempre com ele”, ou ser a mulher que finge perdoar mas não perdoa – essa que poderá produzir cenas dignas de romances de Truman Capote! kkkkkkkkkkkk
    Enfim, agora não cabe ao R nada além de implorar pelo perdão da T e esquecer de vez e totalmente O. Tarefa que possui seus riscos, mas que são necessários e merecidos.
    Afinal, como toda boa mulher que foi traída eu também penso que todo castigo pra quem trai é pouco!

    • Fabio Hernandez Says:

      Há uma frase de Nelson Rodrigues segundo a qual “é preciso trair para não ser traído”, mas vamos deixar essa discussão para depois.

      Alice: vc acha mesmo que vale a pena R,o que levou bota de O e surtou, e T ficarem juntos? Mais para a frente, ela não vai querer se vingar?

      • Alice Barros Says:

        Querido Fábio,
        existem questões amorosas que só sabemos a resposta depois que sofremos.
        Provavelmente T vai querer se vingar, mas aí entraríamos em outra discussão (até que ponto a vingança faria bem a T, ou seria correto).
        O fato é que eu sou a favor deles se separarem, mas se eles entenderem que se amam e não conseguem viver separados, como poderemos resolver esse caso instigante?
        Segredos dos relacionamentos…

  3. Eliane Says:

    As explicações ajudaram, mas eu não entendo uma coisa: Se a Senhorita O nos disse que não quer mais nada com o Senhor R, a questão gira em torno do que então? Se R deve contar tudo para a Senhorita T (isso se ela já não sabe como nos disse a Senhorita O)???
    Já o Senhor A, coitado, no momento de desespero e raíva agiu assim, acredito que passado a “alucinação” ele deve ter lamentado suas atitudes!!! (Embora a senhorita T merecia saber!!!)
    Se senhorita T sabe mesmo de toda essa patifaria, espero eu que ela esteja aceitando tudo isso para no momento certo dar o golpe final e ter uma saída triunfante dessa geometria amorosa!!! (Acho que acordei uma pessoa má hoje…)

    • Fabio Hernandez Says:

      Ah, Eliane, matou!
      Tio Fabio dizia: “A mulher traída dedica o resto da vida a tramar a vingança perfeita.”
      R, segundo essa lógica está estrepado a médio ou longo prazo com T. De O levou bota. portanto, melhor começar a folhear de novo a agenda de telefones sob a letra M, de mulheres.
      O deu bota dupla, e parece em busca de uma treceira via, que a Alter insinuou, maldosamente, que seria eu. Se a conheci um pouco, já examina há algum tempo a agenda telefônica e disparou emails para gente a quem não procurava fazia tempo.
      A deve estar tramando coisas péssimas, como é de seu feitio.
      A incógnita é T.

      • Nicky-san Says:

        Outra frase de outro sábio:
        “A vingança nunca é plena, mata a alma e envenena.”

        Se bem que com bem menos tempo – do que a vida toda – já dá pra fazer um BELO estrago.

        O problema é: será que vale a pena?

        Pra mim, a melhor vingança é esfregar na cara do cara o quanto eu estou muito mais feliz sem ele, e realmente ser muito mais feliz sem ele.

        Sei lá. Lavei minhas mãos nesse caso.
        Beijos.

      • Fabio Hernandez Says:

        Lavou as mãos???

      • Nicky-san Says:

        Eu?
        Sim.

        Acho que o R está “pagando de vítima”.
        Não existe vítima nessa história, que deixou de ser ‘história de amor’ há tempos.

        Eu abomino relacionamentos baseados em intrigas, mentiras e traições porque tenho um bom exemplo disso perto de mim. Quanto mais gente envolvida, pior a situação vai ficando… (mas prefiro não comentar o meu caso)

        Esse relacionamento é altamente destrutivo para os três e eles sabem muito bem disso.

        Não tenho muito o que acrescentar =/

        O R tem que tomar coragem e partir pra outra.
        Adianta ficar se torturando?

    • Fabio Hernandez Says:

      Geometria Amorosa. Boa!

  4. Vanessa Says:

    Fábio eu acho q o Sr RR deve ficar com a Srta O, afinal homem nenhum gosta de levar uma bota, então iria atrás dela para provar seu poder de sedução. E a Srta. T passaria a conhecer melhor o Sr. A e os dois acabariam tendo um caso kkkkkkkkkkkk!!!

    bjs

    • Fabio Hernandez Says:

      Vanessa, apenas para lembrar: vivemos um drama que em existem almas atormentadas, não uma comédia. Seu tom me lembrou o da Cafa Mulher, com todo o respeito, que vibra mais com a desgraça amorosa alheia do que com seus próprios triunfos.

  5. Says:

    Continuo achando RR um CF. A srta T tinha que saber, não importa os meios, experiência própria. No fundo, um dia, agradecemos por saber… A srta O tem que dar uma “bota” definitiva. O Sr. A surtou mas terá história pra contar pros netos… Mas não se espantem se o sr. RR, voltar, depois de algum tempo, pedindo perdão, para ambas! E numa coisa o sr RR acertou: pra ele, tinha que estar reservado um lugar bem solitário no inferno! he he he

    • Fabio Hernandez Says:

      A, se continuar assim alucinado, jamais terá filhos, que dirá netos, Rô.
      RR não é exatamente CF, mas FB, Falso Bonzinho, e há uma forte semelhança entre as duas espécies. Podem se confundir, como tigre e leopardo.

      • Eliane Says:

        FB descreve bem o senhor R, afinal, a preocupação gira só em torno dele…
        Caro R, o preço que se paga as vezes é alto demais!

        PS: F, me desculpe mas não pude deixar de achar engraçado a Alter dizer que a senhorita O teria interesse na sua pessoa! Não achei maldade no comentário não, afinal, pq ela não iria se interessar por um escritor barato???

  6. Nina Says:

    Queriso Fabio, essa sopa de letrinhas amorosa do blog ja esta me deixando com nauseas!! 😉 Eu temo que tenhas que começar um blog aparte so para a publicaçao dessas aventuras amarososas da vida real para que posteriormente possa escrever um livro de contos!ehehe

    Saudações!

    Nina

    • Fabio Hernandez Says:

      A realidade supera a ficção, escreveu um grande cara, Nina. Eu mesmo.
      Piada. Olha, vc entrou e fez graça, mas cadê os conselhos? Quanto ao livro, ninguém compra o meu, esquece o projeto.

  7. Rafael Says:

    Começa a ficar bem claro: T tem um amante.

    É um pentágono.

    Caso R não se decida logo, T dará o golpe. Vai ficar com o amante. R fica sozinho.

    PS: FH, vou comprar o seu livro.

    • Eliane Says:

      Quem sabe a vingança da Senhorita T não seja essa??? Mas não sei, sinto que ela tem algo melhor que isso…

      • Rafael Says:

        Me assusta uma mulher pensar que tem algo melhor (pior) do que isso.

    • Fabio Hernandez Says:

      LOL, muito boa essa, Rafael. Um pentágono. Mas. Mas que vc aconselha RR e O a fazerem?

  8. Aline Says:

    Que história chocannnnnte! gente, tenho pena das duas. Srta T e O. R é um indeciso confesso e A, um louco de pedra! Meu conselho pra R é: procure um analista, amigão.

    • Fabio Hernandez Says:

      Um minuto, Aline!
      Ele veio até nós em busca exatamente de análise.
      Vamos ajudá-lo, assim como ajudaríamos você caso você precisasse. Qdo vc ê vê as coisas à distância, fica mais fácil enxergá-las. Bjs

  9. R Says:

    F, desculpe não ter respondido antes, muito trabalho, que lotou minha cabeça de domingo até agora. Então acabei ficando longe do meu papel de ridículo.

    Tirando tua dúvida, sim, sabia da ligação de A. Escrevi na carta original que ela nunca soube de toda verdade ou fingia não saber, após tua revisão acabou não saindo. Atenção ao “toda verdade”. Ela uma vez já recebera um e-mail de uma amiga de O, contando a história. A amiga, como uma paladina, ou provavelmente ressentida por alguma história própria pregressa, achou por bem alertar T. Claro, ela só queria o bem de todos, menos o meu, como ela deixou bem claro no e-mail. Interrogado por T, assumi a história exceto por um detalhe, alterei o tempo do ocorrido. Depois a história se repetiu com o A, namorado de O citado no meu relato original, que provavelmente foi movido pelo mais comum sentimento humano, o de espalhar sofrimento, pura e simplesmente como F já comentou. De novo, alterei a T alguns detalhes.

    Não vejo o bem que faria admitir tudo. Sábios leitores, “a ignorância é um tipo de benção”, trocaria com a maior tranquilidade o meu posto na história para virar um T (sem a amiga e o alucinado, seria melhor ainda).

    Não posso dizer se ela confia em mim como antes, nem se espera o momento para o tiro nas costas como comentou F. O fato é que o assunto e os ‘bem intencionados’ que contaram a ela ficaram para trás, embora sim, em alguns momentos afloram.

    Quanto ao A, só posso comentar se fiz algum bem nesta história foi ter colaborado, pelo menos um pouco, com o término do namoro dele com O (mas isso cabe a ela querer contar a vocês o motivo).

    • Alice Barros Says:

      Prezado R,
      Agora eu pergunto: VOCÊ DESEJA FICAR COM ‘T’?
      Será que você não percebeu que relação está totalmente desgastada e provavelmente sem solução???
      Na boa, acho que é hora de você deixar T sozinha… Ou ser traído por ela!
      Como disse anteriormente, acho que o traidor merece todos os castigos, mas até que ponto você suportará um relacionamento sem confiança e sem respeito?
      Valorize-se R e evite mais sofrimento para T.

  10. Srta. O Says:

    Fábio, obrigada pela atenção que tens dado ao nosso caso. Mas, me responda, qual a sua opinião de sábio leitor de nossos apuros? O que achas que eu ou Srta T devemos fazer? E mesmo R? Um beijo.

    • Bibi Says:

      Srta O – Sorry, mas vc deve ficar na sua. Se nao quer mais o R sai fora. A casa caiu pra ele, ele que é casado. Vá ser feliz, suma do mapa e NÃO FIQUE MAIS COM HOMENS CASADOS. Pense nos FILHOS (SAUDADE METAL DOS FILHOS ETC, PENSE NA FRAGILIDADE DE UM RELACIONAMENTO DE ANOS, A BELEZA FEMININA O QUANTO É SENSÍVEL AO TEMPO…). Tantos homens solteiros, fora que a chance de vc se machucar é sempre maior.

      R – é o mínimo q, uma vez que a casa caiu tenha uma conversa com a T. Melhor sair com um mínimo de dignidade…

      Sra T é o que eu já disse. Acho que vale repensar sobre ela, ver até que ponto foi a mentira do R, coisas bem íntimas. Pesar, talvez um tempo no casamento (uma respirada em outros quintais…se rolar) , ver se ele reage e IMPLORA desculpas e que realmente voltar ou SE TEM MEDO DE FICAR SOZINHO, e por ai vai.

      Boa sorte para vcs.

      • Fabio Hernandez Says:

        Casado o RR? Esta eu não sabia. É isso mesmo, R?

      • Fabio Hernandez Says:

        Atenção, Bibi: RR NÃO é casado.
        Agora, que a casa caiu, caiu.

    • Fabio Hernandez Says:

      Posso chamá-la apenas de O, Senhorita O? Grato.
      Olha. O melhor, mesmo, do ponto de vista racional, é o quadrado se dissolver inteiramente. Todas as relações deste quadrados estão tecnicamente mortas. Não há como reerguê-las, já vivi coisas assim e apenas se prolonga o sofrimento.
      Mas é preciso haver coragem e uma força de vontade incrível para isso. Quando obsessões sexuais estão envolvidas — e se não houvesse isso o caso não teria chegado aonde chegou — a ruptura em geral se dá em vários capítulos, um pior que o outro.
      Boa sorte, O. Torço por vcs todos, incluído o RR, para mim um cara legal, apesar de uma certa propensão a um tipo de homem complicado: O Cafa que talvez não saiba que é Cafa.

      F

      • Srta O. Says:

        Fábio, A simplesmente não existe mais na minha vida, ou na vida de qualquer um de nós 3. É página virada. “A” não merece o mínimo de consideração nessa história.
        Aliás, lhe mandei um email. Beijo. Obrigada!

      • Fabio Hernandez Says:

        Vou ler, O.
        Quer dizer que vc deu bota definitivamente no R?

  11. Bibi Says:

    Ok, tudo definido. Eu prefiro pensar me colocando no lugar das pessoas uma vez que esta é uma situaçao real.

    Creio que a Sr T., como ingênua e infantil ainda possa duvidar (mesmo que lá no fundo) do que lhe foi falado. De qq forma creio que ela já consultou amigas e talvez elas estejam lhe aconselhando cautela. Espere, veja as reaçoes dele. Vá aos poucos…. mas a SR T é lerda… mesmo que ele estivesse diferente ela nao perceberia. De qq forma a antena está mais ligada…”pq uma pessoa diria isso sobre R?” Ect etc etc

    Dizer que ela vai arrumar alguém é fácil, mas pra mulher não está sobrando assim. Pelo menos para relacionamentos sérios. Uma pegadinha e OK. We are done.

    Mais cedo ou mais tarde ela vai tirar a limpo com o R…e se ele contar a verdade (que é o mínimo senão a historia será patética), EUUU, se amasse mesmo “perdoaria”, mas assim que tivesse uma chance, uma brecha iria procurar o que ele procurou fora…Nao sei o que. Só provando pra saber.
    Depois disso acho que:
    1) Pode dar uma temperada no relacionamento;
    ou
    1) Ela descobrir que o R é um grande safado e que há homens lá fora que podem ser (se é que já não é) mais interessantes, mais a ver com ela, mais carinhosos, atenciosos e que a valorizam mais que ele. Aí separam e cada um vai procurar a felicidade lá fora. Ainda que depois de um tempo a saudade de R para T e vice e versa volte a bater.

  12. Eliane Says:

    Sinceramente eu não apoio vinganças… Concordo com a Nick sobre a melhor vingança é a pessoa ser feliz sem o individuo!
    Rafael não se assuste rs, o que quis dizer no meu comentário é que
    trai-lo não seria a melhor “vingança” pois ela estaria no mesmo nível que ele!
    Muito me admira a sindrome de vitima do senhor R… É fácil falar do senhor A e da amiga, talvez eles realmente não tenham agido certo, mas se você senhor R não estivesse agindo de modo errado, não passaria por isso…
    Mais nada a declarar…

  13. Adriana Says:

    Uma coisa que me impressionou nessa história é como as pessoas conseguem os contatos uma das outras tão facilmente, sendo que elas supostamente estavam sendo “escondidas” entre si!
    Quero dizer, R vem de uma cidade do tamanho de um ovo, omde mora O. Mas de repente uma amiga de O consegue o e-mail de T, que mora em uma cidade grande! E o ex de O, que consegue o telefone de T? Acho que O ou R andaram dando muito mole para que T descubrisse tudo, não é possível!

    Sei que conselho é para ser pensado, não seguido. Mas parece que os 4 vértices saíram machucados da história, então todo mundo devia recomeçar do zero. Impressionante como todos faltaram com respeito ao próximo e a si mesmos! Todos fizeram melda nessa história, então é hora de seguir a vida, parem de se pegar e sigam em frente!

  14. R Says:

    Fábio, não sou casado, não sei de onde tiraram isso. Sério. Para mim parece que as pessoas lêem a história, apesar de confusa, e projetam para a própria vida.

    Mas não estou afim de ficar “pagando de vítima”. Nem tinha me dado conta que tinha feito isso, achei que era o contrário, me esculhambava em público; claro que com o objetivo de ter bons e sábios conselhos.

    Quanto a dúvida de como conseguir os contatos, gente, basta ler na história, onde encontrei ou fui encontrado por O. No mundo moderno virtual é muito fácil de conseguir o contato de um ou de outro, por isso inventei um e-mail fajuto para mandar a história. Alias, não sei de onde saiu que minha cidade é um ovo. De novo repito, ler um texto e projetar na própria realidade não dá certo.

    Agradeço a todos, mesmo os que expressaram claramente seu ódio a mim (tenho certeza que não sou eu o alvo real) e que quiseram ajudar.

    Grande abraço Fábio, obrigado cara, foi uma pena teres parado de escrever para a VIP (era a primeira página que eu lia) e sua saída foi uma das motivações para eu parar de comprar a revista (certo que ela piorou muito também).
    Ainda estou curioso sobre o porquê de não deveria ler o livro agora, mas vou ler e descubro.
    Valeu!

    • Fabio Hernandez Says:

      Um esclarecimento oportuno, RR.
      Alguém disse que vc é casado, mas não, não é.
      O que torna tudo mais simples.
      RR: todo mundo tá dando o melhor de si para tentar ajudar. Essas visões de fora são interessantes por não terem o envolvimento de quem vive a situação.
      Qto a mim, fiquei convencido, depois dessa maratona, que seu relacionamento com T é tedioso e com O é instável. Torço para que vc encontra a chamada Terceira Via.
      Reforço a sugestão de que deixe de ler o livro do Greene mais tarde, qdo a poeira assentar. Trust me, buddy.

  15. Nina Says:

    OK vc pediu eu vou dar o meu conselho: Aconselho que todas as mulheres envolvidas nessas historias ou nessa sopa de letrinhasparem de ficar perdendo tempo disputando por um homem so e FAÇAM UMA VIAGEM A EUROPA! Por que??? EU DARIA MIL MOTIVOS porem citarei os poucos da minha experiencia propria:

    1-Porque se voces sao lindas, inteligentes, bem resolvidas,independentes , BOAS DE CAMA E DETALHE SOLTEIRAS é hora de se olhar no espelho e parar de ficar disputando homens umas com as outras! VC QUER EXCLUSIVIDADE entao siga meu conselho

    2- Porque no Brasil tem 10 mulheres pra cada homem, fora os que estatisticamente fazem parte do sexo masculino mas NAO GOSTAM DE MULHERES ou melhor e mais diretamente dizendo: SAO GAYS!Portanto a proporçào aumenta talvez 20 pra cada sujeito que nasceu com um orga sexual masculino e que tambem goste de mulher!

    3-Em alguns paises da Europa ha uma porporção de 15 homens pra cada mulher. Uns nao querem saber de papo com suas conterraneas alegando serem frigidas! Olha eu ja conheci tantos homens europeus lindos inteligentes, ricos e detalhe SOLTEIROS muito afim de se relacionarem com ALGUEM ASSIM COMO VOCE!

    Pro cara envolvido com as duas, eu quero que ele se F….. ele deve estar pensando que eu vou dizer que ele é um fodao por ter duas mulheres, e ele esta certo eu acho que ele é um grande fodão em substimar a capacidade e ainteligencia de uma mulher que anda anos luz a frente dos machos… Como minha mae dizia: Uma mulher pode ter um amante por 20 anos e nunca ser descoberta o homem se conseguir manter uma amante por todo esse tempo sera por duas razoes: A MULHER TAMBEM TEM OUTRO E SE FAZ DE BOBA OU A MULHER ALEM DE OUTRO E SE FAZER DE BOBA NAO QUER PERDER SEU POTE DE OURO !!! Em suma, o cara é rico!

  16. Says:

    Gente, que história louca! Projetar essa história para a própria vida? Não é que pode ser mesmo? Sabe que tive um RR (no caso trocaria o primeiro R por outra letra) na minha vida? Realmente na era digital fica tudo muito fácil mesmo: conhecer, reencontrar e vasculhar a vida alheia também. Já tive um(a) A na minha vida… Já fiz o papel de A uma outra vez, por pura vingança e desespero, digam o que quiserem… Já fui T e descobri tudo, já tentaram me fazer de O… E tudo isso com o mesmo RR! Da última vez que fui T e descobri uma O, dei um basta! RR não precisa de um analista ou de nossos “conselhos”, precisa se tratar, precisa de um psiquiatra urgente! Ele é bipolar e não aceita… Ai, esse era o meu RR, desculpem, olha eu projetando a história para minha vida novamente…

  17. Nicky-san Says:

    Too much dreaming for someone so small, I guess.

  18. Srta. O Says:

    F,
    Sim, definitivamente. Acho.

  19. Sr Sorocabano Says:

    Boa tarde gente…preciso da ajuda e conselho de vocês, me apaixonei por uma garota, pela internet, mas está apenas no virtual, apesar de minha vontade de ser na vida real tbm, Todavia é um amor impossivel…:( estou me sentindo como jovem werther!!!

    Quanto ao caso do R, acho q ele deve escolher quem ele ama, e parar com isso de querer as duas!
    um abraço a todos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: