“A mulher deve ser forte na bondade e na maldade”


A loira aí em cima. Mae West. Foi tudo aquilo que, segundo o Cafa Homem, as mulheres costumam detestar nas outras, bonita, gostosa, libertina, ousada, cortejada, admirada, bajulada, espalhafatosa, irresistível. Era escritora, atriz, frasista. “Ame o próximo, e ele for alto e charmoso será bem mais fácil”, é uma de suas frases. “Um homem em casa é melhor que dois na rua”, outra.  Com tanta coisa junta, ela  foi uma das personalidades mais fascinantes do mundo na primeira metade do século XX.

Tinha uma sabedoria prática que ainda hoje possui valor e graça, expressa sinteticamente em 15 coisas que jamais iria fazer. Compartilho-as com vocês, com uma idéia: escolhermos, entre as 15, as 5 melhores. Se vocês não acharem ruim, também vou fazer minha escolha. Os tópicos no final escolhidos serão lidos por alguém, de forma dramática, como nos tuítes do Washington Post dos quais já falei, num vídeo caseiro, doméstico, que postaremos aqui.

Que tal? Deal. Ótimo. Com vocês, a única, a incomparável, a rainha entre as rainhas, Mae West:

COISAS QUE NUNCA FAÇO

1. Tirar o homem de outra mulher. Pelo menos intencionalmente, quero dizer, embora no amor e na guerra valha tudo, e não seja pecado.
2. Ser outra coisa que não eu mesma o tempo todo, a não ser no palco ou na tela, pois é aí que começa a atuação.
3. Cozinhar, costurar, lavar pratos, descascar batata, comer cebola ou roer as unhas.
4. Usar meias de algodão branco ou entrar em um campo de nudistas
5.  Gostar de ópera, do Número Treze, cantar músicas tirolesas, espaguete frio, ratos, lesmas, homens que raspam o pescoço ou banana madura demais.
6. Preocupar-me com pessoas que assobiam no camarim ou passam cheque sem fundo.
7. Fazer papel de mãe, papéis tristes ou de esposa virtuosa, traída ou não. Tenho pena das mulheres fracas, boas ou más, mas não consigo gostar delas. A mulher deve ser forte na bondade e na maldade.
8. Ficar doida por música clássica, sanduíche, fumaça de charuto, lugares que cheiram a hospital e esmalte de unha preto.
9. Ficar excitada com boates, pontes retráteis, dança de leque, meias no tornozelos, a Bolsa de Valores, badminton [esporte popular entre os ingleses] ou macetes para aumentar o busto.
10. Morrer de emoção com orquídeas, cartas de amor anônimas, pastas de postais, terremotos, braceletes de escrava ou cama de colchão duro.
11. Incomodar-me com credores ou rapazes que ciciam.
12. Acreditar no pior de alguém sem prova completa, tampouco acreditarei que é inútil lutar contra a sorte – a falsa!
13. Andar quando posso me sentar, ou me sentar quando posso me deitar. Acredito em poupar a energia – para coisas importantes.
14. Escrever um conto sem sofisticação.
15. Casar-me com um homem bonito demais, um homem que bebe demais ou não segura a bebida como um cavalheiro, um homem fácil de obter ou facilmente levado à tentação – a menos que seja eu quem o leve.

Etiquetas: , ,

27 Respostas to ““A mulher deve ser forte na bondade e na maldade””

  1. Jéssica Bueno Says:

    Aah, de todas elas a 15 é a melhor. Homem bonito demais se acha demais e vira um homem fraco. Homem que não sabe beber também é fraco. Mulheres fortes precisam de homens fortes, para poder subjulgá-los com algum custo, nenhuma mulher gosta de homens que comem em suas mãos. Quem quer beijar um fantoche e dormir com seu escravo?

  2. Nicky-san Says:

    Nossa, ri muito!
    Meu alter-ego seria essa mulher, hahaha.

    Gostei especialmente de:
    3. Cozinhar, costurar, lavar pratos, descascar batata, comer cebola ou roer as unhas.
    7. Fazer papel de mãe, papéis tristes ou de esposa virtuosa, traída ou não. Tenho pena das mulheres fracas, boas ou más, mas não consigo gostar delas. A mulher deve ser forte na bondade e na maldade.

    😀

  3. taisanto Says:

    Nossa!!
    Muito bom…
    As melhores:

    1. Tirar o homem de outra mulher. Pelo menos intencionalmente, quero dizer, embora no amor e na guerra valha tudo, e não seja pecado.
    3. Cozinhar, costurar, lavar pratos, descascar batata, comer cebola ou roer as unhas.
    7. Fazer papel de mãe, papéis tristes ou de esposa virtuosa, traída ou não. Tenho pena das mulheres fracas, boas ou más, mas não consigo gostar delas. A mulher deve ser forte na bondade e na maldade.
    15. Casar-me com um homem bonito demais, um homem que bebe demais ou não segura a bebida como um cavalheiro, um homem fácil de obter ou facilmente levado à tentação – a menos que seja eu quem o leve.

    Perfeito!!!

  4. Uila Gabriela Says:

    1. Tirar o homem de outra mulher. Pelo menos intencionalmente, quero dizer, embora no amor e na guerra valha tudo, e não seja pecado.

    7. Fazer papel de mãe, papéis tristes ou de esposa virtuosa, traída ou
    não. Tenho pena das mulheres fracas, boas ou más, mas não consigo gostar delas. A mulher deve ser forte na bondade e na maldade.

    10. Morrer de emoção com orquídeas, cartas de amor anônimas, pastas de postais, terremotos, braceletes de escrava ou cama de colchão duro.

    15. Casar-me com um homem bonito demais, um homem que bebe demais ou não segura a bebida como um cavalheiro, um homem fácil de obter ou facilmente levado à tentação – a menos que seja eu quem o leve.

    Ela vai ser o meu guru 🙂

  5. Srta T. Says:

    Sr. Hernandez arrasa em suas confissões. Percorrerei mais teu espaço. Buenas milord!

  6. Alice Barros Says:

    Já comecei gostando – e muito – do título!
    Destaco:
    1. Tirar o homem de outra mulher. Pelo menos intencionalmente, quero dizer, embora no amor e na guerra valha tudo, e não seja pecado.
    2. Ser outra coisa que não eu mesma o tempo todo, a não ser no palco ou na tela, pois é aí que começa a atuação.
    7. Fazer papel de mãe, papéis tristes ou de esposa virtuosa, traída ou não. Tenho pena das mulheres fracas, boas ou más, mas não consigo gostar delas. A mulher deve ser forte na bondade e na maldade.
    10. Morrer de emoção com orquídeas, cartas de amor anônimas, pastas de postais, terremotos, braceletes de escrava ou cama de colchão duro.
    11. Incomodar-me com credores ou rapazes que ciciam.

    Perfeito!

  7. Fabio Hernandez Says:

    Minha predileta:
    12. Acreditar no pior de alguém sem prova completa, tampouco acreditarei que é inútil lutar contra a sorte – a falsa!

    Já viram Manhattan, do Woody Allen? A cena fina é gêmea dessa frase. “Vc precisa acreditar mais nas pessoas”, diz Tracy para o cara vivido pelo Woody Allen. Aí entra Rhapsody in Blue e é covardia.

    A gente precisa acreditar mais nas pessoas, mesmo qdo depois enfrenta decepções.

  8. Ana Says:

    também gostei da 12, realmente me chamou mais atenção. Lerei sobre ela, já tinha lido a respeito, mas não conheço a obra da moça, não apenas uma mulherzinha querendo chocar, bem diferente de Fernanda young e outras, uma mulher que não se curva e parece que entendeu bem seu tempo e seus contemporâneos. Ótima dica!

  9. Renata Says:

    gostei muito da 15, mas admito que adoro os homens bonitos, acho q a solução é não me casar! hahahahah

  10. Fabio Hernandez Says:

    Putz, tou sentindo falta de mais votos.
    Gracias de todo mi corazón a quem já votou, mas o comparecimento ás urnas dos demais é … até decepcionante. Vou chorar com mi madre.

  11. Eliane Says:

    Não chora não Fábio… rs
    Segue minhas prediletas:
    1. Tirar o homem de outra mulher. Pelo menos intencionalmente, quero dizer, embora no amor e na guerra valha tudo, e não seja pecado.
    12. Acreditar no pior de alguém sem prova completa, tampouco acreditarei que é inútil lutar contra a sorte – a falsa!
    13. Andar quando posso me sentar, ou me sentar quando posso me deitar. Acredito em poupar a energia – para coisas importantes.
    15. Casar-me com um homem bonito demais, um homem que bebe demais ou não segura a bebida como um cavalheiro, um homem fácil de obter ou facilmente levado à tentação – a menos que seja eu quem o leve.

    Beijos!!!

  12. Nicky-san Says:

    Ah, eu falei do meu alter-ego, certo?

    Mas meu “eu de verdade” (ai, esqueci o termo técnico =X vergonhaaa…) não pode deixar de comentar

    14. Escrever um conto sem sofisticação.

    Não é um tópico divertido, é fato!
    Na vida vale tudo, menos perder a classe.

  13. Re Says:

    Calma Fabio, sumo aos finais de semana, mas ai vão os votos! =)

    1. Tirar o homem de outra mulher. Pelo menos intencionalmente, quero dizer, embora no amor e na guerra valha tudo, e não seja pecado.

    3. Cozinhar, costurar, lavar pratos, descascar batata, comer cebola ou roer as unhas.

    7. Fazer papel de mãe, papéis tristes ou de esposa virtuosa, traída ou não. Tenho pena das mulheres fracas, boas ou más, mas não consigo gostar delas. A mulher deve ser forte na bondade e na maldade.
    (essa eu amei!!)

    12. Acreditar no pior de alguém sem prova completa, tampouco acreditarei que é inútil lutar contra a sorte – a falsa! (não sei, algo ainda me faz acreditar nas pessoas… )

    15. Casar-me com um homem bonito demais, um homem que bebe demais ou não segura a bebida como um cavalheiro, um homem fácil de obter ou facilmente levado à tentação – a menos que seja eu quem o leve.

    Gostei das outras, mas faria algumas exceções, ou mudaria alguma coisa, então as mais completas para mim estão ai em cima!!

    beijos

    • Fabio Hernandez Says:

      O que eu acho mais legal no catálogo da Mae West é a inteligência, o espírito, o humor ferino e fino, a graça com que ela alterna coisas práticas como a costura com coisas elevadas como a confiança nos outros, embora eu não segure a bebida como um cavalheiro.

  14. Karina Says:

    Acabei de elencar as minhas, mas não sei por que cargas d’água deu tilt. Vou pular pros próximos posts =/

  15. Karina Says:

    Ah, resolvi, lá vai de novo:
    kkkkkkkkkkkk

    1. Com um parênteses: nem tudo que vale é legítimo.
    7. Não gosto de pessoas fracas, independentemente de gênero.
    12. E não acreditar SÓ no pior de alguém, ainda que com prova completa. Ninguém é de todo bom ou de todo mau.
    14. Sem sofisticação, de preferência, nada. Embora seja um conceito relativo.
    15. Esse homem, na minha imaginação, é irresistível.

    Com relação à 2, será que alguém passa mesmo pela vida sem atuar em algum momento?…

  16. http://jrgbbctav.autisable.com Says:

    Hi, i think that i saw you visited my site so i came to
    “return the favor”.I am trying to find things
    to enhance my web site!I suppose its ok to use a few of your ideas!
    !

  17. Nina Says:

    Hello, yup this paragraph is really good and I have learned lot of things from it on the topic of
    blogging. thanks.

  18. Tolino Shine Says:

    I don’t know if it’s just me or if everyone else encountering problems with your blog.

    It appears as though some of the written text in your posts are running
    off the screen. Can somebody else please
    comment and let me know if this is happening to them too?
    This might be a issue with my web browser
    because I’ve had this happen previously. Kudos

  19. Tolino Shine Testbericht Says:

    I visit day-to-day a few web sites and sites to read posts, but this web
    site gives feature based posts.

  20. conquistar Says:

    Excellent, what a webpage it is! This website presents helpful data to us,
    keep it up.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: