O museu dos relacionamentos fracassados


Li um texto no blog da Maria Julia. Julia Duarte, como é popularmente conhecida. Fala sobre um museu de relacionamentos fracassados. As pessoas enviam peças dos amores arruinados. Gostei do nome. Me lembrou a Banda dos Corações Solitários, do grande clássico dos Beatles. Ou A Rua dos Sonhos Perdidos, o quadro lindo de Hopper. Hopper. Conhecê-lo é amá-lo. Edward Hopper, o pintor soberbo da solidão americana. Tanto quanto Klimt é agressivo em seu erotismo perturbador, Hopper é doce em sua melancolia deslumbrante.

Vargas Llosa é louco por Klimt, eu soube uma vez ao ler um romance dele. Digressão. Llosa faz uma coisa boa para quem, como ele, e eu mesmo, se enche de livros. A cada um que chega, outro é dado. A bagagem jamais fica excessiva assim. Ah, outra coisa útil: ele faz uma espécie de ficha de cada livro lido. Todo leitor devia fazer o mesmo. Recomendo fortemente, embora eu próprio não faça isso.
Mas o museu. Penso nos itens que doaria. Que tal um rim? Lol. Brincadeira macabra, admito. O espelho que foi quebrado naquele dia. Que tal? Penso na tatoo feita por alguém que se foi. Como doar a tatoo ao museu?
Vocês. Sugiro. Que nós abramos uma espécie de fórum. A peça que doaríamos. A que nossa turma considerar mais original rende um prêmio ao autor.

Dia Perfeito

Escrevo agora sob a melodia triste de Perfect Day, por Lou Reed. Dia perfeito. “Im glad I spent it with you/oh such a perfect day/you keep me hanging on”. Mais ou menos assim: estou feliz por ter passado este dia perfeito com você. Você me põe sempre pra cima.
Não, ao que consta não é exatamente uma frase romântica, mas irônica. O que o deixa alto não é uma mulher, mas a heroína. Lol.
Como aquele grande filme de Clint Eastwood. Um dia Perfeito. Clint persegue um cara que, ao fugir, levara um garoto. O garoto está com o cara. Ele jamais faria qualquer mal ao menino. Mas ninguém exceto Clint , provavelmente,sabe. Clint aprendeu com Sergio Leone, o gênio italiano do western spaghetti, a dar drama a certas cenas com um close no rosto e uma melodia pungente. Clint trabalhou, no início da carreira, sob a direção de Sergio Leone. (Se você ainda não viu Era uma vez na América, meu, sorry por você.)
Um dia perfeito. Exemplo. Aquele em que, a família reunida, uma equipe de médicos disse no hospital o que aguardava meu pai. O diagnóstico técnico. Joguei meus óculos na parede. Lol. Sempre fui impulsivo, tolo. Minha tia depois disse que deus sabia o que estava fazendo, e eu xinguei um deus no qual não acreditava. Aumentei desnecessariamente a tristeza de minha tia, e não reduzi a minha. ”culos. Pus depois os óculos em meu pai. Naquela hora. Você sabe. Para que ele não sentisse falta deles.Just in case. Meu pai era mais míope que eu. Oh, um dia perfeito.

Você acredita em cartomante?

Meu, fui a uma. Mas sei lá. Devo contar a visita? Ou é perda de tempo? Alguém acredita em cartomante? Acho que não. Lol. Se as pessoas acreditassem, eu narraria minha experiência naquele consultório ao qual se chega depois de passar por um salão de beleza, e subir uns degraus de escada. Mas. Lol. Alguém acredita?

6 Respostas to “O museu dos relacionamentos fracassados”

  1. Maria Eduarda Says:

    Vamos por partes: 1) O museu: Longe de querer ser a mais original, eu doaria uma carta de traição, foi um episódio marcante. O namorado que se dizia apaixonado declarava um amor intenso a minha melhor amiga. O modo como à carta foi revelada foi o mais interessante. Ah! Também tive um espelho quebrado, seria conveniente doar ele, se pudesse, com a exata imagem de consternação nos cacos. 2) Deus, Fabio, please lol. 3) A cartomante: Logo me fez recordar de Rita e Camilo de Machado de Assis, mas lhe respondendo (ou não), “eu não creio em bruxas, mas que elas existem, existem”, ademais, seus textos não são perda de tempo, portanto, estou aguardando os fatos! Lol

  2. Maristela Says:

    Esse post me fez lembrar da música Se Puder Sem Medo do Oswaldo Montenegro. Embora ela seja só sobre o fim, pq nenhum relacionamento que mereça uma música daquelas pode ser um fracasso. Dê uma espiada, vc se identificaria. Abraço

  3. escrevedora de emails Says:

    claro que deve contar!

  4. Carlos Augusto Rosa Says:

    Se fossemos guardar pequenos mimos dos relacionamentos fracassados dos brasileiros, precisaríamos do Maracanã para caber todas as relíquias dos amores arruinados.
    0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0
    A meu ver, dia perfeito é um dia feliz, o amanhã com muita saúde, uma bela mulher e muito amor.
    0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0–0
    Será que a cartomante é capaz de prever o imprevisível? Fábio, sua experiência não foi totalmente perdida,pelo menos fizestes um pouco exercício.

  5. Cris Says:

    Machado é a solução!

  6. Elisabete Says:

    Eu acredito. Se puder me contar através de e-mail eu gostaria muito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: