O homem jovem e eu


Vejo alguns comentários nas novas confissões de um jovem que vem traçando uma professora madura de castelhano. Algumas pessoas dizem que sou eu mesmo que escrevi o texto. Sou um escritor barato, é verdade. Mas escrevo tão mal quanto o jovem pegador?

14 Respostas to “O homem jovem e eu”

  1. Says:

    Tenho certeza que é vc. O conteúdo do texto é (propositalmente) ruim, mas a pontuação é muito exata – característica sua! E este novo post serve para botar mais lenha na fogueira da brincadeira! rsrs

  2. Mariana Vidigal Says:

    Você escreve muito bem. Seu barato nesse post era ouvir isso né, caro Fábio? Ai, ai, ai. Os homens e suas inseguranças. Vedade que você não trocaria a pena da tinta do Machadão de Assis, mas você escreve bem pacas, Fábio. Relaxa. “Relaxa e goza” como diria a sexologa que está fazendo um freela no governo

  3. Mariana Vidigal Says:

    Você escreve muito bem. Seu barato nesse post era ouvir isso né, caro Fábio? Ai, ai, ai. Os homens e suas inseguranças. Vedade que você não trocaria a pena da tinta do Machadão de Assis, mas você escreve bem pacas, Fábio. Relaxa. “Relaxa e goza” como diria a sexologa que está fazendo um freela no governo

  4. marluce Says:

    pra quem escreve bem, é fácil pra caramba inventar um personagem que escreve mal…é até divertido…e não há competição!

  5. marluce Says:

    pra quem escreve bem, é fácil pra caramba inventar um personagem que escreve mal…é até divertido…e não há competição!

  6. Anónimo Says:

    Escrevendo bem ou disfarçando, o que vc tem mesmo é muuuuita imaginação…rs

  7. Sandra Says:

    Concordo com a Marluce.

  8. adriana Says:

    Concordo 100% com a marluce.Faça uma enquete…

  9. Anónimo Says:

    Acho que todos nós somos capazes de criar e viver vários personagens, somos autores e atores por natureza, se o jovem pegador é você ou não, isso não é importante…o que importa realmente é saber que personagem seremos em 75% do tempo…

  10. Anónimo Says:

    Seja você ou não, isso não importa.
    O que importa é que, aquela situação ali narrada é real e acontece com muito mais frequência do que os leitores desse blog imaginam …
    No mundo corporativo, por exemplo, é uma “pegação geral”.
    E um dado interessante: as mulheres casadas são as que mais cedem às aventuras amorosas extraconjugais.

  11. Professora de Castellano Says:

    Gente, eu, mais q ninguem, posso afirmar: o Fabio, DEFINITIVAMENTE, nao eh o Jovem Pegador q me pega!

  12. Anónimo Says:

    agora me conta, comentário número 8, como uma mulher solteira poderia se aventurar em relações extra-conjugais?

  13. Anónimo Says:

    não fui bem clara:
    as que têm marido traem mais que as que têm namorado…

  14. Anónimo Says:

    não fui bem clara:
    as que têm marido traem mais que as que têm namorado…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: