Matador solitário


E então me pergunto: se uma mulher desse atenção para o jovem sul-coreano a tragédia da universidade americana teria sido evitada?

17 Respostas to “Matador solitário”

  1. João Flávio Says:

    Creio que não…

    As motivações foram as mais torpes, possíveis.

    Pelo que li à respeito ele não faz menção à estadunidense que se relacionou com ele… mas matou ela também…hehehehe

    Um episódio de doente covardia…

  2. Anónimo Says:

    As pessoas são tão sujas, tão cruéis e têm um desejo tão ardente de excluir, humilhar e rebaixar os outros que eu até consigo entender (mas não justificar) o que o cara fez.
    É errado? Completamente. É doente? Sem dúvida. Hendiondo? Com toda certeza. Me comove saber que famílias inteiras estão, neste exato momento, ainda chorando pelos mortos.
    Por outro lado, me enoja ver todo mundo simplesmente repudiando “o louco”, “o doente” e, com certeza, nos círculos mais fechados, longe das câmeras, “o coreano”, “o estrangeiro”. Ninguém pára pra pensar que ele não é o primeiro, que existe algo errado não só na cabeça daquele jovem, mas na sociedade americana?
    O ambiente acadêmico é muito complicado, é muita frustração, muita ansiedade, muito desejo de auto-afimarção, muita competição. É assim no mundo todo. Mas nos EUA, não sei, existe um elemento misterioso (ou nem tanto…) que provoca a combustão.
    Não basta fazer vigília com velinha acesa na mão, tem que procurar entender.

  3. Cy Says:

    Pelo visto não precisava uma mulher dar atenção a ele, e sim carinho fosse de onde fosse, pelo que foi exposto na mídia, ele era carente de amor não só amor homem mulher, mas de amor de pai e mãe, amigos. Comojulga-lo sem saber o que ele passou? ~Não justica sua atitude, mas não serei eu a recriminá-lo. Agora investiguem a origem de sua família e convivência e como foi a infância dele e terão a resposta.

  4. Cy Says:

    Pelo visto não precisava uma mulher dar atenção a ele, e sim carinho fosse de onde fosse, pelo que foi exposto na mídia, ele era carente de amor não só amor homem mulher, mas de amor de pai e mãe, amigos. Comojulga-lo sem saber o que ele passou? ~Não justica sua atitude, mas não serei eu a recriminá-lo. Agora investiguem a origem de sua família e convivência e como foi a infância dele e terão a resposta.

  5. Anónimo Says:

    Estou lendo tudo o que tem saido sobre o caso, e desde 1999 em Columbine eu vivo me perguntando o que falta, o que tanto nos faz falta a ponto de queremos matar os outros e até a nós mesmos. Tenho tido momentos de grande solidão, e estou usando pra tentar melhorar como pessoa, reconheci que depois de algumas rasteiras feias da vida, precisava de ajuda, e não apenas de familiares e amigos ( graças a Deus os tenho em quantidade e qualidade ) , mas de ajuda profissional. Busquei e estou me tratando, ninguém merece receber as rebarbas dos meus rancores tenham eles sido causados por quem quer que seja. O problema é que sou uma mulher adulta. E esses jovens, a quem recorrem? Quem detecta que eles precisam se tratar, e se detectam porque não encaminham imediatamente. Vidas de jovens brilhantes tem sido ceifadas, e a troco de quê? Pelo que pude analisar, modestamente, apenas para ser conhecido, reconhecido, visto, e até em alguns casos por outros doentes como ele idolatrado. Meu Deus! Até quando ???

  6. Audrey Says:

    Já ouvi e li que uma mulher faz o homem,rs,desde o Paraíso está provado que não é de todo absurdo essa teoria, mas a FALTA de uma mulher na vida de um homem realmente não sei o que causa…não pode ser uma tragédia.

  7. claudene Says:

    não pessoas doentes precisão de tratamento e não de pena

  8. Anónimo Says:

    Todas as pessoas são carentes de atenção e sexo. O amor preenche a vida das pessoas. Ninguém é capaz de fazer o mal qdo está com o coração cheio de amor e suas necessidades sexuais satisfeitas, assim não há necessidade de chamar atenção de ninguém.

  9. Anónimo Says:

    Querer curar um sociopata com sexo…vcs estão brincando não é?
    Mas, concordo que se as pessoas tivessem prestado mais atençao nele teriam podido tê-lo encaminhado para um tratamento mais cedo e todas essas vidas, inclusive a dele, teriam sido poupadas.Mas, vivemos num mundo muito egoísta, ninguém presta mais atenção a ninguém, ninguém compartilha, ninguém ajuda.Tá todo mundo correndo atrás dos sues próprios interesses e sobrevivência.Aonde iremos parar com tanto individualismo e solidão?

  10. Anónimo Says:

    Querer curar um sociopata com sexo…vcs estão brincando não é?
    Mas, concordo que se as pessoas tivessem prestado mais atençao nele teriam podido tê-lo encaminhado para um tratamento mais cedo e todas essas vidas, inclusive a dele, teriam sido poupadas.Mas, vivemos num mundo muito egoísta, ninguém presta mais atenção a ninguém, ninguém compartilha, ninguém ajuda.Tá todo mundo correndo atrás dos sues próprios interesses e sobrevivência.Aonde iremos parar com tanto individualismo e solidão?

  11. alcileia Says:

    Nada mudaria, pois se não fosse lá seria em outro lugar, pois o rapaz era um doente mental.

  12. Anónimo Says:

    Sim, uma mulher. Talvez a mãe dele, quando ele era criança. Se tivesse dado educação, limite e tratamento, assim que soubesse que ele poderia ter algum distúrbio na cabeça.

  13. Marina Helen Says:

    Não, ele era um psicopata, ele tinha isso na cabeça a tempos e ñ iria mudar, o q talvez mudaria seria um tratamento pq ele precisava d tratar essa loucura e ñ conviver socialmente.

  14. Dani Says:

    Paranóico de ciúmes, ele mataria não somente a ela, mas a todos os outros também.

  15. Ci Says:

    Sim, o amor move o mundo tanto para o bem quanto para o mal. Só Deus sabe o que passa um ser humano quando ama e é esquecido.

  16. Sandra Says:

    Que é isso! Já pensou se todos os que fôssem mal sucedidos com mulheres ou outra coisa qualquer saíssem matando pessoas? O infeliz era um desiquilibrado que não sabia lidar com suas limitações e tão pouco fazer algo para melhorar.Nas relações humanas sempre existirão problemas,discriminações e exclusões,infelizmente.Cabe à cada um se dar uma chance.Não ficar esperando isso dos outros como esmola.Se fechar e ficar “fermentando” mágoas e ódios acaba nisso.Que Deus tenha pena dele!

  17. Sandra Says:

    Que é isso! Já pensou se todos os que fôssem mal sucedidos com mulheres ou outra coisa qualquer saíssem matando pessoas? O infeliz era um desiquilibrado que não sabia lidar com suas limitações e tão pouco fazer algo para melhorar.Nas relações humanas sempre existirão problemas,discriminações e exclusões,infelizmente.Cabe à cada um se dar uma chance.Não ficar esperando isso dos outros como esmola.Se fechar e ficar “fermentando” mágoas e ódios acaba nisso.Que Deus tenha pena dele!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: