O amor


“No mundo perfeito, os casos de amor terminariam na hora certa. No último beijo que funcionou. Na última vez em que o amor e a generosidade triunfaram sobre o ódio e a mesquinharia. Mas isso não acontece. A gente sempre ultrapassa o ponto ideal no término dos relacionamentos. É a maldição dos homens e mulheres apaixonados.”

4 Respostas to “O amor”

  1. Ana Paula Says:

    falou tudo, Fabio.
    concordo 100%

  2. Regina Coele Says:

    Acredito no contrário, é como vc entrar na escola, de série em série, de palavra em palavra, de n° a n° vc vai aprendendo as diferenças cotidianas ou as complexas, é isto que tempera a vida, o perfeito não existe para o construirmos durante a vida, aprendendo, reaprendendo, ensinando, fantasiando … há, bela vida imperfeita … que delícia descobrir-te dia após dia …

  3. Anónimo Says:

    hahaha, a maldita paixão … ;o)

  4. maria. rico hipólito Says:

    Simplesmente maravilhoso. Você tem razão….todas as coisas da vida são eternas e fugáz

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: